Frases e Citações
Foto de Nuno

Sete Letras (Alexandre Bragga)

Desfolhei as sete letras

com que escrevi a saudade

dos momentos de alegria

em que sentia a verdade

de teus lábios melodia

Foto de LEOANDRADE

Labirintos (Leonardo Andrade)

Nossos corpos, como que imantados

não conseguem se separar,

como duas metades que separadas não tem vida,

eles precisam se unir, se encaixar...

Foto de Nuno

Olhos verdes (Alexandre Bragga)

São da terra, são do mar

Teus olhos de linda cor

Há o sal do verbo amar

E muros que trazem dor

Foto de Trajano

Meu erro (Trajano)

Para você...

Espero que possa um dia me perdoar, pois te magoei sem querer, espero que possa um dia te olhar sem medo de te esquecer, espero que um dia possa de abraçar sem medo de te ferir.

Foto de LEOANDRADE

Your Latest Trick (Leonardo Andrade)

Sim, essa era a música , o solo de guitarra tornava-a inesquecível, quase antológica.

Ela tocara a primeira vez que foram juntos para a cama no apartamentinho de três cômodos de fundos que ela alugava.

Chegaram quase sem roupa tal era a ânsia de se terem, iam com a pressa dos amantes de primeira viagem, com a urgência que só o tesão tem, com a voracidade arquetípica dos caçadores de sentimentos ...

Foto de FERNANDO_JOSÉ

Que saudade... (Fernando José)

Para a minha Rosinha

Queima a alma, que não acalma...

Queima a vida, que é sofrida...

Murcha a flor, com tanta dor...

Minha Rosa multicolor

Foto de LEOANDRADE

Quero Fazer Amor com Você (Leonardo Andrade)

Quero fazer amor com você

Como sol faz com a madrugada

acendendo o céu

e incendiando o mundo de vermelho paixão

Foto de Carlos

Meu amor, meu Amado, vê... (Florbela Espanca)

Meu amor, meu Amado, vê... repara:

Pousa os teus lindos olhos de oiro em mim,

- Dos beijos de amor Deus fez-me avara

Para nunca os contares até ao fim.

Foto de Carlos

Poema de Amor (Anónima)

Ó flores de Mekhmekh, dai-nos paz!

Por ti seguirei o que o coração ditar.

Foto de Carlos

Dinamene (Luís de Camões)

Ah! Minha Dinamene! Assim deixaste

Quem não deixara nunca de querer-te!

Ah! Ninfa minha, já não posso ver-te,

Tão asinha esta vida desprezaste!

Páginas

Subscrever Poemas de Amor RSS