Frases e Citações
Foto de Carlos

Evocação de Silves (Mohâmede Ibne Abade Al Mu'tâmide)

Eia, Abú Bacre, saúda os meus lares em Silves e pergunta-lhes

se, como penso, ainda se recordam de mim.

Foto de Carlos

Us Cavaliers si Jazia (Um Cavaleiro deitado estava) (Bertran d'Alamanon)

Us Cacavaliers si jazia

ab la re que plus volia.

Soven baizan li dizia

"Doussa res, ieu que farai?

Que'l jorn ve e la nueyetz vai.

Ai!

Qu'ieu aug que li gaita cria:

Via sus! Qu'ieu vey lo jorn venir

Apres l'alba.

Foto de Patrícia

Visita (Antero de Quental)

Adornou o meu quarto a flor do cardo,

Perfumei-o de almíscar rescendente;

Vesti-me com a púrpura fulgente,

Ensaiando meus cantos, como um bardo.

Foto de Patrícia

Rosa Pálida (Almeida Garrett)

Rosa pálida, em meu seio

Vem querida, sem receio

Esconder a aflita cor.

Ai! a minha pobre rosa!

Cuida que é menos formosa

Porque desbotou de amor.

Foto de Patrícia

Gozo e Dor (Almeida Garrett)

Se estou contente, querida,

Com esta imensa ternura

De que me enche o teu amor?

-Não, ai, não! Falta-me a vida,

Sucumbe-me a alma

Foto de Patrícia

Nascemos para amar (Bocage)

Nascemos para amar; a humanidade

Vai tarde ou cedo aos laços da ternura:

Tu és doce atractivo, ó formusura,

Que encanta, que seduz, que persuade.

Foto de Patrícia

Eu cantarei um dia da tristeza (Marquesa de Alorna)

Eu cantarei um dia da tristeza

por uns termos tão ternos e saudosos,

que deixem aos alegres invejosos

de chorarem o mal que lhes não pesa.

Foto de Patrícia

Cantata de Dido (Correia Garção)

Já no roxo oriente branqueando,

As prenhes velas da troiana frota

Entre as vagas azuis do mar dourado

Sobre as asas dos ventos se escondiam.

A misérrima Dido,

Pelos paços reais vaga ululando,

C'os turvos olhos inda em vão procura

O fugitivo Eneias.

Foto de Patrícia

Tenho amor, sem ter amores (Soror Madalena da Glória)

Tenho amor, sem ter amores.

Este mal que não tem cura,

Este bem que me arrebata,

Este rigor que me mata,

Esta entendida loucura

É mal e é bem que me apura;

Se equivocando os rigores

Da fortuna aos desfavores,

É remédio em caso tal

Dar por resposta ao meu mal:

Tenho amor, sem ter amores.

Foto de Patrícia

A uns olhos negros (Francisco de Vasconcelos)

Olhos negros, que da alma sois senhores

Duvido com razão desse atributo,

Que é muito, que quem mata, traga o luto,

E é muito ver na noite resplendores.

Páginas

Subscrever Poemas de Amor RSS