Foto de Enide Santos

EU E O QUE SINTO

Não tenho mais nada de meu
Só eu e o que sinto por ti.
Coisas que julgava serem minhas
nunca foram, nunca me pertenceram.
Olho para o mundo,
tudo que tenho,

Foto de Enide Santos

RELATOS DO FUNDO DO POÇO

O fundo do buraco,
não é o fim de tudo.
Visto por outro ângulo,
percebido de outra forma.

Foto de Enide Santos

FÓSSEIS DE SONHOS

O eco que ouço da minha dor,
(re) bate nas paredes deste infindo vazio,
E por vezes deixa-me insana.

Foto de Enide Santos

HUMANAMENTE RIDÍCULA

Beijar o vento,
Jogar ao ar pensamento.

Sorrir de uma doce lembrança,
Enquanto que no rosto, a lágrima descansa.

Foto de Enide Santos

VIVER PARA ESQUECER

A primeira coisa que tenho a esquecer,
É está de vida,
De ter vida com você.

Foto de Enide Santos

PERNAS OFEGANTES?

Faça-te dono,
Sirva-se de meu ardor.
Não haverá dano,
Basta devorar com amor.

Foto de Enide Santos

QUE TE CUSTAS AMOR?

Que te custas amor?
Dar-me um pouco as tuas mãos;
Para acariciar-me a face, os cabelos e o coração.

Foto de Arnault L. D.

Sementes nos bolsos

Eu trago sementes no bolso,
nos lábios, alguns assovios.
Acordes abertos e esparsos
das músicas que à mente ouço.
Soam preenchendo os vazios
do cotidiano que esgarço.

Foto de Patricia Biase

Francine Vagaba

Francine C. Amiga, colega velha de guerra. A mais desejada e rodada da torcida independente do Tricolor! Essa AGUENTA "ROJÃO ".

Foto de Jardim

ando pelas ruas molhadas

ando pelas ruas molhadas
sob a noite fria.
a cada passo o peso
das histórias mal resolvidas
e dos sonhos deixados para trás.
o toque da noite é frio,

Páginas

Subscrever Poemas de Amor RSS