Cuidado!

Foto de Carmen Vervloet

Nas teclas silenciosas da internet
andam sonhando os solitários
até a noite fechar suas pálpebras cansadas...
Ó solitários, cautela,
para que lágrimas depois não derramem,
não acreditem que tudo são rosas,
existem os espinhos da falsidade
que ferem junto com a irresponsabilidade.
E mesmo as mais lindas rosas
logo podem murchar...
E sobra a decepção que insiste em ficar!
Cuidado, solitários, cuidado,
a tela perversa esconde o rosto,
esconde a alma, esconde o coração
e a paixão acaba como um sol-posto
sobrando apenas a mais densa escuridão.

Comentários

1