Cartas

Foto de Barzissima

História sem fim

Fazem quase 20 anos...vinteeee anosssss....
Será que algum dia neste tempo eu deixei de te amar?!
Estou no momento falando com vc novamente pelo whatsapp.... maravilhas da tecnologia...naquela época não existia isso...
Eu te mandei convite no face, te mandei msg e soltei tudo que queria te falar...que sempre amei você...
Estou num relacionamento a quase 9 anos, tenho uma mocinha de quase 5 anos, uma anjinha no céu com quase 7 anos e mais dois tesouros do primeiro casamento.
Minha vida é relativamente boa. Mas ainda não consegui viver um amor verdadeiro, assim como eu penso que viveria com você...pode ser que viver com vc não seja o que eu penso, mas eu ainda continuo pensando nisso, insistentemente...
Eu escrevi cada coisa a vc estes dias...meu coração transborda de amor...
E eu não consigo viver da mesma maneira com a pessoa que estou hoje...

De 2011 até 2020 nós nos encontramos em outros 2 momentos, não me lembro o ano do primeiro, mas acho que foi em 2015/2016, pq já tinha perdido minha bebê e falei com vc sobre isso...
A outra vez foi em 2019...fui ao seu encontro...mas não tive coragem de trair meu marido, não fiz absolutamente nada...me comportei super bem... não quis arriscar...
E agora, novamente estamos nós conversando...
Meu deus do céu, quando isso terá fim será?!
Acho que nunca... Pode ser que minhas expectativas se frustrem no primeiro dia...pode ser que eu viva uma felicidade intensa que até hoje nunca vivi e sempre sonhei em viver... porque até hoje nunca consegui amar alguém de verdade, na prática... você está sempre lá, no lugar da pessoa...
Espero chegar em breve o dia de poder por a prova isso, mas sinceramente, não é possível que quase 20 anos depois que não seja o amor da vida, ou do resto dela...

Foto de Kiss_Kiss

SAUDADE...

Sinto saudade do seu beijo...
Sinto mais ainda do seu toque...
Muito mais do seu abraço...
Não queria sentir...

Beijo doce e suave no seu coração
Kiss_kiss

Foto de Oliveira Santos

Carta

Meu amor

Sei que talvez não dê mais tempo de lhe dizer qualquer coisa para tentar uma reconciliação...

Errei muito, eu sei, e nem é necessário dizer o quanto você tem razão em tomar essa atitude. Mentiras, omissões, palavras mal ditas ou não ditas entre outras coisas permearam o nosso relacionamento e o conduziram até este ponto.

Durante todos esses dias de um quase desprezo seu tenho sofrido tanto...

Não lhe beijar antes de trabalhar nem depois de você chegar, não apertar seus pés vendo nossos programas preferidos ou uma série interessante e até um filme "mamão com açúcar", não dormir no chão da sala como um cão de guarda do seu lado porque você pega no sono no sofá e eu não quero interromper seu descanso, não ficar azul de fome esperando você para jantar, não lhe ouvir dizer que meu estrogonofe está "top, amor!" ou aquela picanha de forno... essas são só algumas das pequenas coisas que me martirizam por não ter mais.

...E tudo minha culpa!

Aproveitei esse tempo para refletir, recapitular nossa vida juntos na tentativa de encontrar o momento em que me perdi pelo caminho...

Isso mesmo, me perdi. Em qual bifurcação eu peguei o lado errado? Em qual rótula eu peguei a saída errada? Difícil responder... O que eu sei é que fiquei dando voltas e voltas sem chegar a lugar algum, ou melhor, sem sequer sair do lugar.

Preciso achar aquele homem por quem você se apaixonou... Resgatá-lo! Aquele que se encantava com seu sorriso; que você flagrava absorto te olhando e dizia que só estava babando; que sempre fez questão de dizer o quanto você é linda; aquele te agarrava cheio de vontade de você! Ele não morreu, está vagando, mas já estou indo buscá-lo mesmo que eu precise fazer uma terapia de regressão!

Brincadeiras à parte, eu sei que caí em descrédito. Não reguei a plantinha e ela secou... Mas não posso ficar de braços cruzados vendo a banda passar e se existe alguma esperança, por mínima que seja, preciso me mexer, aliás, já estou me mexendo! E isso não é só por você ou pelas crianças, é por mim também.

Fico olhando nossas fotos juntos, com nossos filhos lindos... Que família maravilhosa eu estou perdendo! Que mulher espetacular eu afastei de mim! Olho para cada canto da casa e chego a nos ver ali em algum momento passado de alegria ou simplesmente do cotidiano, como você sentada no sofá comigo e as crianças ou no computador trabalhando. Fecho os olhos e até consigo sentir seu cheiro!

Mas em lugar disso tudo eu dei vez ao orgulho, à teimosia, à intransigência, à falta de sensibilidade... falhei como homem e marido com você sem que merecesse e agora pago o preço por isso: o nada, o isolamento, a solidão.

Me magoar? Sim, você já me magoou com suas palavras duras. Mas pensando bem era uma reação ao meu descaso em relação a nós dois. Meus erros foram maiores que seus sermões.

Por fim quero dizer que TE AMO COM TODAS AS FORÇAS e vai ser assim por um longo tempo, queria poder fazer tudo diferente, recomeçar, não tentar de novo! Re-co-me-çar... Mas acho que não tenho mais vez na sua vida... então só posso agradecer por tudo que fez por mim, pedir desculpas por tudo que fiz e desejar que seja feliz como sempre sonhou ser, se cuide, seja sensata e cautelosa nas suas decisões. Vá e vença!

...De um homem que não soube te amar.

11/09/2018

Foto de Esfera Celeste

Dias de inverno

Há uma mudança em meu olhar
No ar...
Sem respiração
No peito
Vulcão em erupção.

Foto de Bibiana Cambará

Minha Imaginação

Minha imaginação é tão fértil ... tão fértil que...
vira e mexe .. volta tudo! Daí, percebo que continua
sendo tudo igual.. igualzinho, as únicas diferenças são:
os segundos, os minutos, as horas que nos separam!!!;
e que nos traz essa sensação ilusória de que estamos
separados... mas.. como separados? se continuo a te
sentir aqui... dentro do meu peito, da minha alma e
do meu coração?
Fisicamente, pode até ser... eu disse "pode", porque
na verdade.. as vezes te sinto até fisicamente se tu
quer saber!!!
Definitivamente, não há barreiras para o amor!
Quando ele é puro, sincero e verdadeiro... genuíno
como o nosso!
Vejo no nosso sentimento algo de eterno, de renovação,
de reinvenção, de criação, de luz, de cor, de amor!
E muita paixão!
Sou sua fã!
Sei que não deveria!
Mas, estou deixando o meu coração falar!
falar! falar! cada vez mais alto!
Para sempre....
te amo!!!

Foto de Rosamares da Maia

CARTA A FERNANDO PESSOA

Rio de Janeiro, 26 de maio de 2015.

Meu Caríssimo Fernando,

Nesta manhã como em tantas outras estou solitária e feliz por desfrutar da minha própria companhia. Sim, pois pretensiosamente ou não, estar acompanhada de mim mesma é o que hoje me faz feliz. Principalmente porque estar comigo, mesmo que transitoriamente, me conduz a você.
Nesta manhã, enquanto vejo a fumaça do café galopar o ar, aguço todos os meus sentidos e lembro-me de você, como se estivéssemos compartilhando a mesma mesa, as fatias do mesmo pão. Na realidade já não como, mas, continuo alimentando-me das tuas lembranças.
Fernando,
O que seria da minha vida sem conhecer-te, sem sorver das páginas cada gota dos teus escritos? Que seria de mim se não sentisse as tuas angustias, o teu amor para além dos lusitanos mares? Se não tivesse como tu compreendido os vaticínios de D. Sebastião.
Também tenho muitas personas aprisionadas dentro de mim e, ao contrário de ti, não consigo exteriorizá-los, derramá-los no tapete do quarto e depois abrir a janela, para que voem. Fecho os meus olhos e sou como Maria José – a feia, corcunda e doente. Coitada! Sempre presa à cama, diante da janela, colhendo no orvalho da manhã as pequenas gotas dos sonhos, de seu amor platônico por Antônio.
Escrevo a você cartas, como ela – As cartas que Ele jamais leu. Maria José motivo de riso ou invisível, desabrochando na exteriorização da tua solidão e tão acompanhada de tantos outros Fernandos igualmente solitários.
O que seria de mim sem refletir como Bernardo Soares:
-" Aprender a desligar as ideias de voluptuosidade e de prazer. Aprender a gozar em tudo, não o que ele é, mas as ideias e os sonhos que provoca.
Por que nada é o que é e os sonhos sempre são os sonhos.
Para isso precisa não tocar em nada. Se tocares o teu sonho morrerá, o objeto tocado ocupara tua sensação."
"Ver e ouvir são as únicas cousas nobres que a vida contém. Os outros sentidos são plebeus e carnais."
"A única aristocracia é nunca tocar. Não se aproximar – eis o que é fidalgo"
Bernardo Soares /Fernando Pessoa – 1888-1935 – in Livro do Desassossego.

Eu como Bernardo, sou fragmento do meu primeiro eu, que diariamente vem à tona para cumprir muitos papeis que a vida impõe e cobra, mas, aqui nesta pouca solidão com a qual a manhã me privilegia, consigo fechar os meus olhos e desfrutar da tua companhia, me aproprio de ti e te ouço soprar em meu ouvido esquerdo. Meu coração se contrai e expande dentro do meu peito e uma profunda saudade se apodera dele, me levando ao mergulho em um tempo que não vivi – o tempo de te encontrar.
Vamos a Livraria Lelo & Irmão, sentamo-nos a tua mesa preferida para tomar café, comer bolinhos e pensar no Mar Português – “Ó mar salgado, quanto do teu sal / são lágrimas de Portugal!” / Valeu a pena? Tudo vale a pena / Se a alma não é pequena.”
Meu pensamento associa-se a fumaça da xícara fumegante, tomadas em dimensões de tempo e espaço tão distintas e, Maria José fecha os olhos para vida com a certeza do seu amor, porque ele foi tudo que fez valer a sua insólita passagem por este mundo; Bernardo olha e se vê em ti, a mesma imagem, mas o seu reflexo no espelho tem um olhar arguto, mais crítico e menos emocional. E é assim, cada um é o que é mesmo sendo somente a derivação de uma só “Pessoa”.
E eu te escrevo esta carta, esperando que nossa conexão de espírito não seja apenas um delírio matinal de quem ainda não acordou direito e, como tu mesmo disseste, - “ Acordaste-me, mas o sentido de ser humano é dormir.”. Mas o que escrevo-te neste momento, é para agradecer-te.
Obrigado Fernando. O que seria de mim se você não tivesse existido?
Obrigado Pessoa pelo café compartilhado aqui, na minha mesa da cozinha.

Rosamares da Maia.

Foto de Igor Pontes

Tardes de chuva

Encontrei com essas lembranças perdidas em minha memoria fria, lembranças que me levam pra perto de você, o nosso horizonte era tudo que tínhamos e através dele passávamos as nossas tardes imaginando como seria em alguns anos a frente, conseguíamos imaginar o que jamais aconteceria, porém, ter a certeza que a chuva viria era a nossa fonte de alegria porque com a chuva eu te aqueceria e pela janela da sua casa continuamos a fazer planos futuros, tantas tardes foram assim, uma repetição sem fim.
Hoje posso apenas te dizer que quando a chuva caí, essa chuva me traz a lembrança do seu olhar, o maior problema é que tarda chover e com isso vem a ausência de você.
Sinto muito.

Foto de Wilson Numa

Insensível

Ao lhe ver sorrir acende no meu peito uma chama que me permite ver e preencher uma parte de mim
Perfeição não procuro porque também não ofereço
Cada um é imagem das suas crenças, das suas vivências e da sua atitude
Perdão ou arrependimento cada um o tem a sua maneira de pedir ou conceder
Só não quero que duvide daquilo que sinto cada um mostra de forma diferente ou cada um vive de forma diferente dia a realidade que lhe aparece a frente
Eu prefiro não levar a vida a pensar em problemas, a não pensar futuro distante, prefiro divertir-me, sem esquecer as minhas responsabilidades
Não me arrependo de nada, não creio ter ferido os teus sentimentos ou a ti
Daí que não passo tempo a me desculpar, a sensibilidade de cada um é para ser respeitada
Talvez seja eu o insensível, e não perceber aquilo que faça de errado
Então deixo a última palavra para si, seja o que você quiser

Foto de Minha_Historia

Do sempre seu! ( Criado em 24 de junho de 2016)

Princesa,

Ao seu lado descobri
Que o amor é muito mais que um sonho bom
Viver esse romance é maravilhoso
O amor e a cumplicidade nos completam unindo nossos corpos e pensamentos
Vou te amar do nascer ao pôr do sol
Entre abraços,beijos e carinho
Te mostrarei o quanto te amo
Sou seu homem
E nunca se esqueça te amo muito
Do sempre e todo seu
Lúcio

Foto de annytha

COMO DOI A DISTANCIA

Meu Anjo, como dói a a distancia que nos separa ... Sofro tanto com essa ingrata espera! Como dói a dor de uma saudade... Quando a noite chega, e repouso a cabeça no meu fiel companheiro, que poderia ser o teu peito ao invés do travesseiro,fico imaginando como deve ter vida o teu lindo sorriso! Quando chegares e te aproximares de mim, vou esquecer as outras formas já vividas. Tu serás o homem que vai me fazer vibrar de emoção e prazer, semelhante ao vento que desalinha os meus cabelos e assobia para mim uma doce melodia de amor..Tu encherás a minha alma das coisas belas e alucinantes do amor que tanto me inspira. Vem mu amor, para o calor do meu devaneio e vamos girar o circulo da vida e nao deixar jamais, o nosso amor cair na rotina, até a mínima fração do tempo e deixar fluir pelas fibras dos nossos corações! Meu amor querido, sei que o conforto do teu carinho me fará feliz e mais feliz ainda serei, quando delineares com as tuas mãos todo o meu corpo, e assim, conhecerás as fronteiras do meu espírito. A ternura dos teus doces beijos me irradiará um calor suave ao me enlaçares, levando-nos ao êxtase do nada, ao infinito! Meu amor, como amo te amar e como adoro te escrever, porque encontre em ti, através do nosso amor, a minha fonte de inspiração..

Páginas

Subscrever Cartas