Maior

Foto de carlos alberto soares

Dia dos pais

Pai,
Você não está mais aqui pra receber o meu abraço
Mas não me embaraço
Pra sentir sua presença

Por quantas vezes descordei do que dizia, mas sei que também já foi tolo um dia,
E assim como eu com seu pai discutia

Pai eu não discuto com Deus, que te levou pelas razões que não posso entender, mas quero te agradecer pelo tempo ao seu lado, pelas mãos e olhar calejados,
Por tudo que me foi ensinado

Obrigado por ter me levantado quando cai, pelo sorriso quando venci.

Pelo abraço apertado, quando frustrado, me senti incapaz
Por quando tudo se convertia em guerra, chegou trazendo paz

Pai você é mais
São tantas lembranças legais
Que chego a confundir
Mas como é bom lembrar de ti

O jeito duro de ser
Demorei muito pra entender
Provindo do fardo que eu fui pra você
Mas hoje quero agradecer

De joelhos assim, peço a Deus
Que mais uma vez permita que me abençoe aí de cima, por que esta é sua sina,

Ainda que eu não mereça, ainda que eu faça tudo errado, vai sempre estar ao meu lado.

Assim nesta hora confesso, sem fazer comparação, que ao lembrar de você, encontro Deus em sua imensidão.

E pra agradecer todo tesouro recebido, honra, caráter, retidão...
Louvo à Deus em minha crença,
E sinto de verdade sua presença.

Pai,
Foi, é e será o maior, embora isso não importe a você, parabéns por agora entendi, ser você o maior homem que conheci.

Foto de Rosamares da Maia

CRÔNICAS DA SAUDADE – Doze Passos e uma Possibilidade de ser Feliz

Hoje bastou uma brisa fresca da manhã para me lembrar de ser feliz. É, um vento menino que refrigerou o corpo e a alma, enquanto eu fazia a tarefa simples e doméstica de lavar o quintal e molhar Umas poucas plantas urbanas e o meu toque rural de cajueiro. Certamente, como eu naquele momento, elas celebraram a água e o vento.
Fiquei pensando que as pessoas deveriam ter uma estrada com os doze passos da felicidade, para construir ao longo da vida. Claro que estas não seriam regras engessadas, afinal de contas somos todos diferentes e as semelhanças do Ser Humano param nesta redundante condição – o gênero humanidade. No mais, “O que seria do roxo se todos gostassem do amarelo?”.
Porém, delimitadas as razões das semelhanças e diferenças, acho que umas regrinhas para a busca da felicidade são básicas, como um pilar de sustentação das variedades e sutilezas de cada um, como por exemplo:
- 1 – Simplicidade: Aquela que nos faz curtir a brisa da manhã, como um presente que alivia o calor e acalma a alma, sem contestar as suas razões. Se haverá mais calor ou se ela trará chuva é pura e desnecessária especulação de quem não soube apreciar o benefício.
- 2 – Gratidão: Ser capaz de agradecer a Deus ou a força maior que você acredite que exista pela vida, mesmo diante de condições adversas. Saber que você é uma semente que desabrochou , anda, respira e pensa é magia Superior. E se você pensar nas outras sementes que germinam, lembre-se de elas ficam presas sob a terra, a menos que alguém as mova de lugar. Ainda assim, elas são gratas ao sol, a água e ao vento, benefícios do Criador.
- 3 – Competência Construtiva: Entender que você não está neste Mundo a passeio e tomar ciência do conjunto indispensável formado entre o Homem e a vida. As ferramentas com a qual Deus o dotou, – Mente e Mãos – são as primeiras realizadoras de obras, desde os mais primitivos tempos.
Você poderá perfeitamente me questionar, dizendo que a mente que cria pode alimentar a mão que destrói. A mão pode da maneira mais sórdida e cruel realizar as elucubrações da mente. Por certo que sim! Mas lembre-se que neste exato momento estou construindo os doze passos da felicidade e “o que seria do azul se todos gostassem do rosa?” – As divergências tá lembrado?
- 4 – Competência de Exercitar os Sonhos: Por que não apenas capacidade para sonhar? Porque apenas sonhar é tarefa dos simplórios, muito diferente do que é simples. Por exemplo: Eu sonho com o mar, o que não significa nadar ou navegar, jamais saberá como é toque da água quem não se dispuser a entrar nela, jamais sentirá a força do vento sobre as velas quem não colocar o barco na água e depois, o dourado do sol sobre a pele será um troféu a mais no conjunto. Lembre-se você é a semente que germinou e andou para realizar.
- 5 – Ser Destemido: A coragem também é a mola impulsionando a felicidade, ela nos incentiva a realizar e a coragem associada à simplicidade na construção dos sonhos já é uma grande conquista. A boa coragem dissipa as dúvidas atávicas da existência.
Boa coragem? Como é isto? Toda coragem não é boa? Não necessariamente! Como disse o filósofo, “Sei que nada sei”. É preciso ter coragem para viver e descobrir o que não se sabe, antes de empreender uma ação que pode ser desastrosa. Caminho para a infelicidade própria ou dos outros. A boa coragem nos leva ao caminho do aprendizado, depois o das escolhas e aí o das realizações. Boa coragem é saber que se pode até sangrar os pés nas pedras do caminho mais difícil, isto se não houver outra forma, mas, lá no horizonte haverá um balsamo perpétuo.
- 6 – Claridade e Leveza: Existe muito peso e escuridão por aí na história dos contraditórios, mas, este submundo que subjuga milhares de almas é insuportável, denso e frio. Olhar para o alto através das nuvens negras e ver o sol e/ou as estrelas, encher os pulmões de ar fresco quando o em condições de ar rarefeito é algo fantástico. Estas obviamente são imagens figuradas do dia a dia, dos problemas que enfrentamos e são ao mesmo tempo, chaves para soluções.
Deixa-me contar uma historinha breve: Tenho uma prima que é muito engraçada, apesar de viver uma vida de oportunidades e escolhas sofridas. Ela sempre nos faz rir, principalmente quando nos conta as suas noites de pesadelos. Ela é extremamente medrosa, mas, pelo menos para nós, ela não consegue colocar peso nestes medos. Você pode até achar que isto é uma maldade mossa, mas não é. Ela consegue tornar a própria tragédia em uma comédia. Tudo nos seus pesadelos vira uma grande trapalhada e, no auge do seu desespero, no clímax do pesadelo, surge em seu quarto uma porta. Por esta porta ela escapa, rola na grama verde sob um céu claro e azul. Em sua alma existem claridade e leveza suficientes para permitir que ela paire sobre o seu desespero com uma solução muito simples – a porta.
Na grande maioria das vezes para solucionarmos um problema, precisamos nos distanciar dele criando um novo olhar onde o desespero seja descartado para deixar fluir a inteligência. A criatividade nos permite a invenção de um viver que contorne o problema. Isto não é covardia, mas sobrevivência com bom humor, indispensável para que a nossa alma possa transcender o “lado negro da força”.
Acredito nestes seis conceitos como princípios básicos e comuns a todas as pessoas que pensem em trilhar a estrada da felicidade. Não como a estrada de tijolos dourados nos levará ao mundo de OZ. Não! Você constrói a sua estrada a cada passo, todos os dias e enquanto constrói é feliz até o final do caminho. Sacou? Então nada de Arco Iris e Pote de Ouro. É só a construção ao longo do caminho e o seu legado.
Você deve estar se perguntando: A maluca falou em doze passos, não falou? Vai ficar somente em seis?
Calma! Muita calma nesta história. Eu também falei em passos básicos, que na minha concepção devem ser comuns a todas as pessoas. No mais, fica a gosto do freguês, como um quebra cabeças. Você precisa descobrir os outros seis. É a sua primeira meta – a construção da sua chave. Marca pessoal, intransferível e diferenciada.
As minhas? Que tal: - 7 – Fidelidade aos ideais (traçar uma linha de princípios e trilhar sobre ela) ; - 8 – Competência para exercer o perdão; - 9 – Competência para reconhecer os erros e retroceder; - 10 – Competência para amar plenamente a si e ao outros; - 11- Competência para esquecer as mágoas e aprender com as dores, para seguir em frente; - 12 – Competência para entender que o Mundo acontece independente de você, mas que ele espera o melhor de você.
No mais, é vida, só vida que segue em frente.

Rosamares da Maia – Abril de 2017.

Foto de Rosamares da Maia

CRÔNICAS DA SAUDADE – Dose Passos e uma Possibilidade de ser Feliz

Hoje me bastou uma brisa fresca da manhã para me lembrar de ser feliz. É, um vento menino que refrigerou o corpo e a alma, enquanto eu fazia a tarefa simples e doméstica de lavar o quintal e molhar Umas poucas plantas urbanas e o meu toque rural de cajueiro. Certamente, como eu naquele momento, elas celebraram a água e o vento.
Fiquei pensando que as pessoas deveriam ter uma estrada com os doze passos da felicidade, para construir ao longo da vida. Claro que estas não seriam regras engessadas, afinal de contas somos todos diferentes e as semelhanças do Ser Humano param nesta redundante condição – o gênero humanidade. No mais, “O que seria do roxo se todos gostassem do amarelo?”.
Porém, delimitadas as razões das semelhanças e diferenças, acho que umas regrinhas para a busca da felicidade são básicas, como um pilar de sustentação das variedades e sutilezas de cada um, como por exemplo:
- 1 – Simplicidade: Aquela que nos faz curtir a brisa da manhã, como um presente que alivia o calor e acalma a alma, sem contestar as suas razões. Se haverá mais calor ou se ela trará chuva é pura e desnecessária especulação de quem não soube apreciar o benefício.
- 2 – Gratidão: Ser capaz de agradecer a Deus ou a força maior que você acredite que exista pela vida, mesmo diante de condições adversas. Saber que você é uma semente que desabrochou , anda, respira e pensa é magia Superior. E se você pensar nas outras sementes que germinam, lembre-se de elas ficam presas sob a terra, a menos que alguém as mova de lugar. Ainda assim, elas são gratas ao sol, a água e ao vento, benefícios do Criador.
- 3 – Competência Construtiva: Entender que você não está neste Mundo a passeio e tomar ciência do conjunto indispensável formado entre o Homem e a vida. As ferramentas com a qual Deus o dotou, – Mente e Mãos – são as primeiras realizadoras de obras, desde os mais primitivos tempos.
Você poderá perfeitamente me questionar, dizendo que a mente que cria pode alimentar a mão que destrói. A mão pode da maneira mais sórdida e cruel realizar as elucubrações da mente. Por certo que sim! Mas lembre-se que neste exato momento estou construindo os doze passos da felicidade e “o que seria do azul se todos gostassem do rosa?” – As divergências tá lembrado?
- 4 – Competência de Exercitar os Sonhos: Por que não apenas capacidade para sonhar? Porque apenas sonhar é tarefa dos simplórios, muito diferente do que é simples. Por exemplo: Eu sonho com o mar, o que não significa nadar ou navegar, jamais saberá como é toque da água quem não se dispuser a entrar nela, jamais sentirá a força do vento sobre as velas quem não colocar o barco na água e depois, o dourado do sol sobre a pele será um troféu a mais no conjunto. Lembre-se você é a semente que germinou e andou para realizar.
- 5 – Ser Destemido: A coragem também é a mola impulsionando a felicidade, ela nos incentiva a realizar e a coragem associada à simplicidade na construção dos sonhos já é uma grande conquista. A boa coragem dissipa as dúvidas atávicas da existência.
Boa coragem? Como é isto? Toda coragem não é boa? Não necessariamente! Como disse o filósofo Sócrates, “Sei que nada sei”. É preciso ter coragem para viver e descobrir o que não se sabe, antes de empreender uma ação que pode ser desastrosa. Caminho para a infelicidade própria ou dos outros. A boa coragem nos leva ao caminho do aprendizado, depois o das escolhas e aí o das realizações. Boa coragem é saber que se pode até sangrar os pés nas pedras do caminho mais difícil, isto se não houver outra forma, mas, lá no horizonte haverá um balsamo perpétuo.
- 6 – Claridade e Leveza: Existe muito peso e escuridão por aí na história dos contraditórios, mas, este submundo que subjuga milhares de almas é insuportável, denso e frio. Olhar para o alto através das nuvens negras e ver o sol e/ou as estrelas, encher os pulmões de ar fresco quando o em condições de ar rarefeito é algo fantástico. Estas obviamente são imagens figuradas do dia a dia, dos problemas que enfrentamos e são ao mesmo tempo, chaves para soluções.
Deixa-me contar uma historinha breve: Tenho uma prima que é muito engraçada, apesar de viver uma vida de oportunidades e escolhas sofridas. Ela sempre nos faz rir, principalmente quando nos conta as suas noites de pesadelos. Ela é extremamente medrosa, mas, pelo menos para nós, ela não consegue colocar peso nestes medos. Você pode até achar que isto é uma maldade mossa, mas não é. Ela consegue tornar a própria tragédia em uma comédia. Tudo nos seus pesadelos vira uma grande trapalhada e, no auge do seu desespero, no clímax do pesadelo, surge em seu quarto uma porta. Por esta porta ela escapa, rola na grama verde sob um céu claro e azul. Em sua alma existem claridade e leveza suficientes para permitir que ela paire sobre o seu desespero com uma solução muito simples – a porta.
Na grande maioria das vezes para solucionarmos um problema, precisamos nos distanciar dele criando um novo olhar onde o desespero seja descartado para deixar fluir a inteligência. A criatividade nos permite a invenção de um viver que contorne o problema. Isto não é covardia, mas sobrevivência com bom humor, indispensável para que a nossa alma possa transcender o “lado negro da força”.
Acredito nestes seis conceitos como princípios básicos e comuns a todas as pessoas que pensem em trilhar a estrada da felicidade. Não como a estrada de tijolos dourados nos levará ao mundo de OZ. Não! Você constrói a sua estrada a cada passo, todos os dias e enquanto constrói é feliz até o final do caminho. Sacou? Então nada de Arco Iris e Pote de Ouro. É só a construção ao longo do caminho e o seu legado.
Você deve estar se perguntando: A maluca falou em doze passos, não falou? Vai ficar somente em seis?
Calma! Muita calma nesta história. Eu também falei em passos básicos, que na minha concepção devem ser comuns a todas as pessoas. No mais, fica a gosto do freguês, como um quebra cabeças. Você precisa descobrir os outros seis. É a sua primeira meta – a construção da sua chave. Marca pessoal, intransferível e diferenciada.
As minhas? Que tal: - 7 – Fidelidade aos ideais (traçar uma linha de princípios e trilhar sobre ela) ; - 8 – Competência para exercer o perdão; - 9 – Competência para reconhecer os erros e retroceder; - 10 – Competência para amar plenamente a si e ao outros; - 11- Competência para esquecer as mágoas e aprender com as dores, para seguir em frente; - 12 – Competência para entender que o Mundo acontece independente de você, mas que ele espera o melhor de você.
No mais, é vida, só vida que segue em frente.

Rosamares da Maia – Abril de 2017.

Foto de Fernando Azamor

Fórmula do amor.

Tocou aquela canção no rádio:
"Fórmula do Amor" do Leo Jaime.
Me lembrou dos bons tempos -"Good Time"
Eu era feliz e nem estava aí!
Som alto na vitrola,
Dançar juntinho,
Saudades daquela menina!
O Rio era um paraíso, uma festa!
Nos oferecia tanta coisa legal,
Descontração era a marca desse lugar!
Não que eu esteja infeliz,
Mas a alegria está indo pro ralo,
Tantas preocupações, stress puro!
Nos tirando o prazer de sair, passear.
Até pouco tempo, íamos pra Barra da Tijuca,
Bebíamos um choop, dois, quem sabe, seis.
Ficávamos bronzeados e "tirávamos maior onda".
Passeio no alto da Tijuca,
Namoro no Drive-in, sem surpresas. Só de ser pai!
E a volta: só no dia seguinte!
Apenas lembranças de um "coroa"? (enxuto por sinal)
Não viveremos mais esses momentos?
Saudosismo?
Acabaram com nossa liberdade!
Mas quero tudo de volta, urgente!
" A vida é trem bala parceiro, prestes a partir"
Transformações, limpeza, arrumação.
Talvez tudo o que estejamos passando, seja necessário, sei lá!
Tem muita poeira para baixar!
Difícil é esperar, trancado em casa,
Escrevendo linhas tortas,
Que desabafam.
Sei que esse é o pensamento da maioria.
Tá difícil de aturar!
Alegria, alegria!
E que seja breve!
"Ainda encontro a fórmula do Amor"!

Foto de Igor Pontes

Tardes de chuva

Encontrei com essas lembranças perdidas em minha memoria fria, lembranças que me levam pra perto de você, o nosso horizonte era tudo que tínhamos e através dele passávamos as nossas tardes imaginando como seria em alguns anos a frente, conseguíamos imaginar o que jamais aconteceria, porém, ter a certeza que a chuva viria era a nossa fonte de alegria porque com a chuva eu te aqueceria e pela janela da sua casa continuamos a fazer planos futuros, tantas tardes foram assim, uma repetição sem fim.
Hoje posso apenas te dizer que quando a chuva caí, essa chuva me traz a lembrança do seu olhar, o maior problema é que tarda chover e com isso vem a ausência de você.
Sinto muito.

Foto de LordRocha®

Acróstico da Minha VIDA...

TEU AMOR É MEU MAIOR TESOURO, MEU OURO, MEU SORÔ...
Estive muito tempo em busca do puro, verdadeiro e pleno AMOR;
Levei tombos e quedas, julguei e fui julgado... Perdi, perdi e PERDI;
Vi coisas, tive sentimentos e até cometi erros tentando ACERTAR;
Amei tentando ser amado e TENTEI odiar pois, provei do ser ODIADO;
Não consegui ser AMADO e cheguei ao ponto de DESISTIR, desacreditar;
Importei-me com o mundo e me descobri, sem IMPORTÂNCIA para todos;
Almejei ser AMADO, DESEJADO, LEMBRADO, ser EU de alguém TODO;

Reuni forças de onde já não tinha e ACREDITEI no que já não existia;
Obedeci a vontade de ALCANÇAR o que já tinha escapado do alcance;
Desejei o que sonhava e me descobri a sonhar com meus DESEJOS;
Rompi com princípios em busca de um princípio maior, SER AMADO;
Incorri nos maiores e melhores empenhos, num esforço IMPLACÁVEL;
Guardar meu maior SONHO, para não perdê-lo para o DESCRÉDITO;
Usei minhas maiores virtudes e meus melhores atos para MERECER;
Estive no ESCURO em busca de luz e me vi sem brilho mesmo na LUZ;
Separei meu SER do ESTAR, acreditei que não ESTAVA mais em meu SER;

Duvidei da minha FORÇA, perdi minha alto ESTIMA e acabei no NADA;
Obedeci aos meus MEDOS e MITOS, por desacreditar do CONSEGUIR;
Separei meu EU de mim e ENTERREI meus maiores e melhores VALORES;

Sobrei quando quis MULTIPLICAR e subtrai quando busquei DIVIDIR;
Achei que já não seria CAPAZ, pois me JULGUEI sem CAPACIDADES;
Não plantei o que COLHI, mas o RECEBI em troca do que tinha PLANTADO;
Tudo que FIZ me levaram, mas o que me FIZERAM, deixaram como LEGADO;
Organizei-me para VENCER, mas vi o desorganizado levar minha VITÓRIA;
Sempre BUSQUEI, PROCUREI e acharam, encontraram o que ERA MEU;

Respeitei o TEMPO e alcancei o que já julgava PERDIDO e DISTANTE;
Obedeci o TEMPO e encontrei o que já tinha certeza não EXISTIR;
Capturei o TEMPO e achei perdido nele meus SONHOS e DESEJOS;
Habituei-me com o TEMPO e me peguei a ALCANÇÁ-LO e a AGARRÁ-LO;
Amparei-o em meus BRAÇOS e o ESPERO despertar para minha REALIDADE;

Minha HISTÓRIA está na HORIZONTAL dessas linhas,
Mas minha REALIDADE está na VERTICAL inicial das mesmas...

❤ "O amor é lindo quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser"
(Telvania Rocha)

§corp¥on®
24-Setembro-2015

Foto de carmenpoeta

Chegada

Chegaste…
num dia qualquer
de uma certa estação…
Sem aviso, sequer,
nenhuma empolgação,
como quem chega sem querer,
dissimulando o querer ficar…
Como um bem maior, um privilégio,
presença indispensável, sortilégio,
burlando o fuso horário,
mudando o calendário,
o itinerário, a hora , o fadário,
senhor absoluto do tempo.

Chegaste…
Surpreendendo a manhã
ao entregar o cetro para a tarde,
revelando sombras em vertical
de pessoas vagando sob o sol,
rito costumeiro e pontual
anunciando o meio-dia,
do dia em que escolheste pra chegar.
Entremeio de manhã e tarde,
das entrelinhas para o baluarte,
da surdina ao gesto de alarde,
na expectativa de espreitar a beleza,
roubar tons em gradação,
cores em formação
no momento exato do impacto
causado pelo sol tingindo o céu
e logo se perder no horizonte.

Foste…
Junto com as cores do arrebol
morrer também atrás dos montes,
renascer, talvez, um novo sol
a irromper no amanhã,
com a manhã de cada dia.

(Carmen Lúcia)

Foto de Minha_Historia

Sonho bom

Tudo pareceu tão real
Começou com um beijo maravilhoso
E após nos despirmos começaram as caricias
Deliciosamente nos explorávamos
Descobrindo cada centímetros de nossos corpos
Até que disse que queria me sentir,
E lentamente você cavalgou me deixando cada vez mais excitado,
Gemidos de prazer quebravam o silencio em forma de sinfonia
Não me contive e acariciava seus seios
Nossos corpos se contorciam exalando aromas inimagináveis
Como por telepatia adivinhando meus pensamentos
Debruçou se sobre a cama
Me apoderei do seu corpo
E naquele momento de forma alucinante
Aumentamos o ritmo
Mais senti que precisava te olhar nos olhos
E virando de frente nos amamos
Entre mordidas e palavras ao ouvido
Ao mesmo tempo explodimos de prazer
Para curtir o momento de pura magia continuamos
Deitados e abraçados por alguns minutos,
Quando achava que estava realizado você disse baixinho em meu ouvido
Vem meu homem quero te levar pras nuvens
Conduziu me ao chuveiro
Estava cego e tremia de tanta excitação
Com seus toques,beijos e um leve sussurro no meu ouvido disse
Calma só quero te usar, você é todo meu
Me senti dominado e a cada toque ficávamos mais excitados
Voltamos pra cama e beijei todo seu corpo
Escravo do prazer
Fui me alimentando e sentindo o gosto do néctar dos deuses que saia do seu corpo
Não controlando mais meus instintos te possui como se fosse a ultima vez que a teria em meus braços
Sentir meu corpo arder e suas palavras maliciosas me condiziam ha um intenso prazer
E ao ouvir dos seus lábios que estava em êxtase
Não me controlei e juntos fomos ao paraíso seus gemidos se misturaram com meus uivos de prazer
A intensidade me fez acordar com uma excitação muito maior da que fui deitar...
Te amo minha linda estou louco pra te encontrar!

Foto de leila lopes

DOR

Como posso mensurar a dor da alma
essa não se consegue medir
doi apenas doi
doi tanto que parece que o ar
não consegue chegar ate os pulmões
um entalo muito grande obstrui todas as passagens
e é preciso fazer um esforço sob humano para fazer
uma coisa que desde o nosso primeiro momento de vida
fazemos naturalmente ; RESPIRAR !!!!
Agora e assim que me sinto
Voçê veio me ensinou a gostar
e como voçê mesmo disse gosto tanto que não consigo entender o turbilhão de sentimentos que se misturam dentro do meu peito.
mais que amor é esse que machuca e faz sofrer
que amor é esse que não consegue entender
que maior e muito mais importante é o que se esta sendo construido dia a dia
que amor é esse que te poda a todo instante
que a todo instante te diz coisas que te fazem sofrer
amor e ironia não combinan
como podes zombar e ironizar da pessoa que diz gostar
não consigo entender
dizem que coração não doi
então que dor é essa que comprime meu peito
e me faz chorar , não sei e não consigo tão pouco entender
mais hoje te livre,pode voar e descobrir em outros em outras pessoas aquilo que voçê não conseguiu enxergar em mim
eu vou permacer aqui como sempre
junto aos meus valores ,meus erros e meus acertos e todo o meu sentimento que voçê não quiz ou não pode ver que eram só por voçê e mais ninguém.
fico com a minha dor e a palavra SAUDADE!!!

Foto de RonanCardoso

Fogo, Língua e Flor

E-BOOK GRATUITO HOJE !!!!!!!
Olá! Boa noite. Peço licença poética, [:

Gosta de conhecer novos escritores e poesias? Fogo, Língua e Flor é uma reunião de poemas sobre o amor e a natureza (e alguns eróticos). É um e-book de visual simples, rs (fiz para ser um presente e não sou lá muito bom com isso de capa, todavia... Nas poesias é que o verdadeiro valor é encontrado). Hoje o e-book está custando R$ 0,00... Isso mesmo, você pode baixar de graça (não estará assim por muito tempo). Convido o grupo a conhecer meu trabalho, são apenas alguns cliques para baixar por este link (abaixo).

Quando falamos de amor, de que falamos? Do fascínio que sentimos diante do poder que outra pessoa nos pode ter? De um exercício espiritual para a sublimação dos atributos da alma? Quantas formas tem o amor? Este livro não responde a estas questões, mas delas se serve. Encontrar correspondência no amor pode ser a chave para a plena vivência das potencialidades espirituais humanas, ou uma forma divertida de assim brincar: brincar com palavras, brincar com o destino, com coisa séria, tecer ocasos para os vestir... Vestido do aroma de sua musa, este poeta encontra a Floresta Celestial, mãe do mundo, fonte de poesia cristalina. Neste espaço místico de um pensamento, de um batimento cardíaco e toda a jornada sanguínea que somos, dividimos nossas experiências para compor um quadro maior: este momento no universo. Aqui é descrita parte da alegria da peça escritora e escritura da Natureza do mundo que sou, graças a um encontro de almas profundamente rico em amor.

http://www.amazon.com.br/gp/product/B01BK6HZSW?*Version*=1&*entries*=0

Sem mais, desde já agradeço, e deixo abreijos. Bons ventos!
Ronan Cardoso

Páginas

Subscrever Maior

anadolu yakası escort

bursa escort görükle escort bayan

bursa escort görükle escort

güvenilir bahis siteleri canlı bahis siteleri kaçak iddaa siteleri kaçak iddaa kaçak bahis siteleri perabet

görükle escort bursa eskort bayanlar bursa eskort bursa vip escort bursa elit escort escort vip escort alanya escort bayan antalya escort bayan bodrum escort

alanya transfer
alanya transfer
bursa kanalizasyon açma