Uma Flor Chamada Mulher

Foto de Auber Fioravante Junior

Hoje vou tentar parar o tempo
e desenhar alguns riscos ou rabiscos
para uma flor que gera vida por onde passa,
deixando um rastro de carinho, batalhas
e ideais conquistados,
com sangue
suor
e lágrimas!

Hoje vou esquecer que a burca
nunca escondeu um rosto angelical,
que nunca calou um lábio que traz na voz
vontade de
ser,
alimentar,
e colher!

Hoje e sempre
quero render-me a todas as suas falas
encharcadas em bálsamo e repletas
de coragem e pulso para velejar
por mares nunca dantes navegados!

Hoje não quero instituir nada
quero apenas poetar para esta
flor divina chamada mulher,
que rege o lamento sem nunca
baixar a cabeça e faz da vida
não um simples cálice
mas um néctar de amor!

Auber Fioravante Junior
Porto Alegre - RS

Foto de Fernanda Queiroz

Que lindo...néctar do amor... são frases que calam fundo dentro da gente.
Parabéns poeta.
Fernanda Queiroz

Grande abraço.
Fernanda Queiroz

Foto de Anjinhainlove

Lindos versos, repletos de palavras belas... parabéns pelo poema e desculpa não ter comentado mais cedo os seus poemas...

Porque mais lindo que o amor, é só mesmo escrever sobre o amor:

^Ö^ Cheila Pacheco ^Ö^

Foto de Stacarca

Oi Auber, seu poema reflete toda a singeleza do que é o amor, um poema ao meu ver simples, com uma mensagem super direta, não poderia ser melhor.

"quero apenas poetar para esta
flor divina chamada mulher"

Perfeito, bravo!