Vestígio de uma paixão

Foto de Izaura N. Soares

Sinto o vestígio da paixão
O calor que me atormenta,
A loucura pulsando dentro
Do meu coração,
Deixando o vestígio de sabor
Em todo o meu ser.
Como lutar contra esse
Sentimento que nos alegra a
Todo momento.
Com dor ou sem dor,
De alguma forma ele estará
Sempre presente.
Porque o coração é uma
Caixinha de surpresa que se
Feche numa couraça me
Fazendo perder toda a razão.
E se abre para a primeira
Paixão confundindo-o com amor.
E nesse supremo amor
Nosso sonho se realizou.
Mas tudo não passou de um lindo sonho
De um sonho que se acabou.

Foto de Fernanda Queiroz

Que bom que você conseguiu postar e nos blindou com este lindo poema, parabéns.
Grande abraço Fernanda Queiroz

Grande abraço.
Fernanda Queiroz

Foto de Izaura N. Soares

Sou eu que te agradeço pelo o seu carinho e pela a sua paciência.
Muito obrigada... De coração.
Um abraço pra você.

Foto de francineti

Parabéns por esse belo poema. Hoje estou sentido os vestígios de uma paixão que acabou quando mal começou. Beijos Franci.

Foto de Izaura N. Soares

Obrigado francineti pelo o seu comentário. Fico muito feliz por vc ter gostado do meu simples poema.
Obrigado de coração.
Um beijo pra vc.

Foto de Zedio Alvarez

A paixão quando intensa tende a confundir quem estar envolvido. Mas geralmente quando ela é muito acentuada, o amor já chegou faz tempo...
Parabens pelo poema.
Um abraço cara poetisa.

Foto de Izaura N. Soares

Muito obrigada Zedio Alvarez por ter lido o meu poema e muito obrigada pelo o seu comentário.
Um forte abraço pra vc.