Vestígios de mim...

Foto de Anjinhainlove

Tentei procurar no meu passado
Por vestígios de mim própria.
Queria escrever um poema
Com os vestígios da minha alma.
Peguei numa folha rasgada
Com vestígios da minha inspiração.
Olhei para os vestígios do Sol
Aqueles raios avermelhados,
Em procura das palavras,
Dos versos,
Das estrofes.
Saí para passear,
Encontrando vestígios das minhas memórias,
Em cada esquina,
Em cada rua,
Em cada pessoa que passava.
Voltei para casa
Com a memória em branco.
Deitei-me no terraço,
Olhando os vestígios das núvens
Que ja tinham passado.
Agarrava cada vestígio de energia
Que ainda contivesse no meu corpo,
Desesperadamente falhando,
E a folha ainda em branco...
Olhei o espelho,
Mas só vi vestígios da maquiagem do dia anterior,
Vestígios do talento que antes tivera,
E nesse medonho pensamento,
Acordei!
Logo entendi
Que o meu amor pela poesia
Jamais se tornará em
Vestígios...

Foto de Fernanda Queiroz

Que susto, que bom que acordou e tudo não passou de um sonho, poeta.
Ps: Corrija maquiagem
Grande abraço
Fernanda Queiroz

Grande abraço.
Fernanda Queiroz

Foto de CARINA MASSENA SOARES

Oi amiga poetisa a sua obra é linda viu...
gostei muito,xiii vou falar baixinho...
eu acho que você queria falar "Em cada esquina,Em cada rua"...
espero que a tenha ajudado...um grande bj...e novamente dizendo sua obra é linda...

Foto de Anjinhainlove

Queria agradecer à Fernanda e à Carina por terem lido o meu poema e por me terem alertado dos erros... é que não tinha reparado mesmo, peço desculpa :(

Porque mais lindo que o amor, é só mesmo escrever sobre o amor:

Cheila Pacheco