Dança de contrariedades

Foto de Anjinhainlove

É tão grande, o sofrimento
A quebra de uma alma a implorar
O final da tristeza
O final de tudo
Porém
Aquilo que me mata
É o mesmo que me mantém viva.

És como uma droga
Que me mata, corrói
Destrói o meu espirito
Despedaça a minha paz
Não sobrevivo sem ti
Mas a tua presença anula-me.

Comentários

1
Foto de rafa apaixonado

gostei muito to teu poema
demonstra realmente os seus sentimentos
gostei muito
beijos