"SEGUNDA E ULTIMA PARTE DO CORDÃO UMBILICAL"

Foto de Edson Milton Ribeiro Paes

“SEGUNDA E ULTIMA PARTE DO CORDÃO UMBILICAL”

E o ocaso era uma certeza...
O tempo antes tão voraz...
Agora se arrastava com extrema vagareza...
E eu sentia esgarçar as minhas vísceras!!!

O vazio que ora se instalava em meu peito...
Era maior do que a minha existência...
Era maior do que tudo que já havia feito...
E eu ali, sem entender nada perdia toda importância!!!

Encerrava-se o meu grande amor...
Antes tão presente e rico...
Agora o sinônimo da dor..
Final ou começo de um caso tão bonito!!!

Ali inerte sem nada dizer...
Eu sentia romper um elo...
Um elo carnal...
A segunda e ultima parte do cordão umbilical!!!

Mas se estabelecia um acordo...
Um lindo acordo existencial...
De sermos partículas de um mesmo todo...
Um grande pacto universal!!!

Mãezinha em algum lugar nos encontraremos um dia!!!