Frases e Citações

SONETO DO DESEJO

Foto de Rosamares da Maia

Soneto do desejo

Os teus olhos, onde estão teus olhos?
Olhos maliciosos, sempre inconvenientes.
Traduzindo vontades, todas indecentes.
Olhar que me despe tão completamente.
Onde está a boca que sempre mente?
Que beija e prende minha boca a tua.
Tenho saudades do ar que te cheira,
Do exalar loção de âmbar e madeira.
Impregnando meu corpo e o travesseiro.
Quero teu abraço aberto de corpo inteiro.
Meu corpo arranhado, assanhado e aceso.
Onde está tua boca que a minha deseja?
Tenho saudades de olhos que me despem
Rolo na cama - boca volta, me beija, beija.

Rosamares da Maia - 31 de maio 2017