Respiração

Foto de Esfera Celeste

Dias de inverno

Há uma mudança em meu olhar
No ar...
Sem respiração
No peito
Vulcão em erupção.

Foto de Jardim

de ti trago memórias

de ti trago memórias
que o tempo cuidou em preservar,
voos de ícaros que ainda amanhecem
no orvalho da minha sede
pela febre do teu corpo
que em mim nunca se extinguiu.

minhas mãos ainda te buscam
ainda que há muito já não te toquem.
perco-me em minha insensatez
colhendo alegorias, ilusões,
acorrentado à tua miragem,
quimera de deslumbramento
dos meus infinitos enganos.
à noite, no espelho é o teu rosto que vejo.

são para ti as rubras rosas que trago,
é por ti que pulsa o sangue em minhas veias,
é teu este meu grito mudo.
são para os teus peitos
este toque dos meus dedos.

ecos da tua voz me trazem
tuas palavras agora antigas.
te ouço ainda mesmo que ausente
e me sopras ventos de nostalgia
que vagam pelas esquinas dos meus dias.

o hálito morno de tua respiração
me invade o fôlego
e me torno o avesso do meu avesso.
restaram pequenas palavras
que me sussurravas com tua voz muda
quando me pedias que te ouvisse,
quando me pedias que te tocasse,
quando me pedias:
me beija, me fode.

te trago dentro de mim,
te fiz parte de mim,
caminhas ao lado dos meus passos,
pisando comigo este mesmo chão
e me conduzes ao longo do dia
para algum vago sitio,
para algum improvável lugar.

caminhamos juntos pela mesma estrada
mas há muito já não há mais estrada,
somente o rastro que nossas feridas deixaram.
somente um abismo profundo e negro.
um vazio, implorando aos gritos
que algo o preencha.

Poema do livro Amores Possíveis
A venda em http://sergioprof.wordpress.com
Contato:
blog: http://sergioprof.wordpress.com/
facebook: https://www.facebook.com/jardimpoeta
https://www.facebook.com/poetajardim
twitter: http://twitter.com/SERGI0_ALMEIDA
linkedin: https://www.linkedin.com/in/poeta-jardim-a7b0222b
google +: https://plus.google.com/+sergioalmeidaJardim
skoob: http://www.skoob.com.br/autor/7181-jardim

Foto de Jardim

foi preciso te encontrar

foi preciso te encontrar para perder o meu chão e minha pátria, para mergulhar em exílio voluntário e esquecer o nome da terra em que piso. foi por causa de teus descaminhos que se embaralharam minhas rotas e acabei por aceitar meu destino: já não podia mais ser salvo, já não havia mais resgate. por causa deles desfiz minhas fronteiras e me tornei meu próprio horizonte, minhas vontades fora de meu alcance. vassalo de tuas ambições, súdito de tua sorte. foi por causa do que dizias que meus ouvidos se tornaram escravos unicamente do que fosse teu eco. foi por ouvir teus ruídos e tua respiração enquanto me afundava em ti que acreditei que pudesse ser teu dono e que também me possuías. foi por me tocares como só tu sabias e por causa do cor de rosa de nossas línguas a se enroscarem que mergulhei submisso no desconcerto, como um náufrago que desiste de lutar. restou a certeza de que não seria possível acordar ao lado de mais ninguém a não ser que voltasse a ser eu mesmo.

Poema do livro Crônicas do Amor Impossível
a venda em http://sergioprof.wordpress.com
Contato:
blog: http://sergioprof.wordpress.com/
facebook: https://www.facebook.com/jardimpoeta
https://www.facebook.com/poetajardim
twitter: http://twitter.com/SERGI0_ALMEIDA
linkedin: https://www.linkedin.com/in/poeta-jardim-a7b0222b
google +: https://plus.google.com/+sergioalmeidaJardim
skoob: http://www.skoob.com.br/autor/7181-jardim

Foto de Jardim

será que consegues

será que consegues entender que algo em mim passou a bater fora
de seu ritmo, que por onde passo já não tenho pressa, que as noites
deixaram de ser uma busca feroz, que as estrelas, agora as conheço
pelo nome, que naquilo que enxergo surgiram prioridades? será que
percebes que mesmo acordado meu mundo se enovela em sonhos e
que a trama da realidade coaduna com eles tornando mais leve o
tempo? será que escutas a música que eu ouço quando nosso olhar
se encontra no meio de uma conversa e de repente entre nós se faz o
silêncio? ansioso por tocar teus cabelos meus gestos denunciam
minhas intenções quando estou ao teu lado. será que desconfias que
chegar a ti foi o mais difícil dos caminhos, o mais improvável dos
acontecimentos, um lance de dados que não aboliu o acaso? será
que imaginas a extensão da minha fome a te devorar com os olhos, a
ânsia de tocar tuas pétalas e nelas colher o perfume que fabricas?
será que entendes, nas pistas que deixo, na cadência da minha
respiração, a inquietude a que me entrego, até nos menores atos,
nos momentos mais fugazes? mesmo que não enxergues o óbvio,
sigo assim, sem ruído, me aprendendo um pouco mais a cada
instante, me surpreendendo, me reciclando, me recriando, me
reinventando, sem querer apressar as horas, sem precisar de nada
além de que existas.

Poema do livro Crônicas do Amor Impossível
a venda em http://sergioprof.wordpress.com
Contato:
blog: http://sergioprof.wordpress.com/
facebook: https://www.facebook.com/jardimpoeta
https://www.facebook.com/poetajardim
twitter: http://twitter.com/SERGI0_ALMEIDA
linkedin: https://www.linkedin.com/in/poeta-jardim-a7b0222b
google +: https://plus.google.com/+sergioalmeidaJardim
skoob: http://www.skoob.com.br/autor/7181-jardim

Foto de Minha_Historia

Dois corpos uma só paixão

A paixão está no ar
Apaixono-me a cada gesto, palavra e olhar
Em seus braços encontrei muito carinho
E com seus lábios aprendeu me dominar

Hoje sei o que é felicidade
Sei que a saudade é passageira
E a distancia aumenta o desejo
A vontade de sentir seu toque, seu beijo

As palavras ao pé do ouvido
São como flechas de um cupido
Que sabem onde tocar
Perdido de amor eu só quero te amar

Como um vulcão em erupção
Já não controlo mais minha respiração
O calor que me consome por dentro
Te contagia ao mesmo momento

Nossos corpos se completam
E no balé da paixão
Libertamos nossos instintos
Entregando se com todo amor

A intensidade é inexplicável
Uma paixão sem limites
Insaciavelmente
Deliciosa

Uma breve pausa para
Curtir seu olhar
O toque dos seus dedos
Seus afagos, carinhos e beijos.

Há e não se esqueça
Te amo, te desejo
Me perdi no seu olhar
E me encontrei nos seus beijos.

Foto de Minha_Historia

Você surgiu

Você surgiu
E sem pedir licença dominou meu corpo
Que corpo
Se nem meus pensamentos me pertencem mais
Inexplicavelmente
Minha respiração descontrola-se ficando descompassada.
E muitas vezes fico sem ar
Fui contaminado pelo vírus do amor
Que veio pra ficar
As nossas conversas tornaram se intermináveis
Nos mais variados assuntos
Perdemos a noção do tempo
As olheiras são provas das noites mal dormidas
Visita-me em meus sonhos
E assim continuamos 24 horas em sintonia
A saudade tomou conta do meu ser
Quando por algumas horas não tive noticias suas
Com as fotos com seu belo sorriso
E de suas mãos delicadas e macias
Me acalmo
Sinto como se estivesse me olhando, sorrindo ou se arrumando pra mim
E sinto que sou o homem mais sortudo do mundo
Lagrimas só de felicidade
Agradecendo a cada amanhecer
Por este maravilhoso presente
Por você paixão
Que hoje habita em meu coração
Te amo e hoje tenho motivos pra sorrir
Seus sentimentos transformaram-se em palavras
Eu consigo sentir
Que os opostos se atraem
E as nossas vidas se completam

Foto de Minha_Historia

É tempo de amor

Muitas vezes não demostramos com palavras nossos sentimentos
Não por por que não sentimos nada
E sim pelo fato de estar em êxtase com o sentimento recebido
Lembre se, muitas vezes o corpo muito mais que se possa imaginar
Os sentimentos podem estar
No brilho de um olhar
Na respiração descompassada
No frio das mãos
Ou no calor do corpo
Na imensidão de um sorriso e
Até mesmo em lagrimas de emoção
Por hoje basta, estar bem comigo mesmo
Graças a você sei o que é amar sem nada esperar
No sentido que que seu sorriso completa o meu
Isso já é o bastante para imaginar um novo amanhã
Não me vejo com outra e
Muito menos sem você
Que me ensinou a curtir a vida
A viver curtindo os bons momentos
A me levantar e a cada nascer do sol enfrentar as dificuldades de cabeça erguida
Pedindo a Deus
Força e sabedoria
Mais peço também
Você pra sempre em minha vida
Não sendo perfeito
Nasci, cresci e aprendi
Que com o tempo as pessoas amadurecem
Mais também aprendi
Que o tempo não para
Mais também não volta
Que dar tempo ao tempo
É perder tempo
Tempo de viver, de curtir
É tempo de amar
Então viva cada momento como se fosse o ultimo da sua vida
E se for pra se arrepender
Arrependa-se do que não fez

Foto de ilka santos

Madrugada

Então em meio a madrugada
Sentindo você perto distante em sono profundo
Fui chegando de mansinho
Sentindo seu calor, seu cheiro, sua respiração
Incontrolável desejo de ti sentir e assim o fiz
E como era de esperar estava eu nos seus sonhos
Pois ao leve toque dos meus dedos em ti
Senti seu abraço fazendo meu corpo tremer em mim
Não resisti por fim e me entreguei mais uma vez e sempre
Ao gosto do teu prazer

Foto de Arnault L. D.

Senhor

Quando não tenho o que falar
e as idéias não vem, eu creio.
Quando as mão não podem alcançar
esticando a vontade, eu creio.

Que Deus, há de ouvir meu vazio,
que meu silencio lhe chame a atenção...
Que não me resta nenhum brio,
somente o arfar da respiração.

Eu acredito, que na parte escura,
se esconda ainda um anjo de luz.
Que ao meu lado, a amável figura
me venha em ajuda, ah, meu bom Jesus....

Que a teimosia, que me faz em pé,
não seja apenas a vontade bruta
Mas, seja a certeza etérea da fé,
que ainda resta e que por mim luta.

Ah, Senhor Deus... ah, meu Senhor...
ouve-me as preces emudecidas,
porque eu te amo... e és amor...
em ti espero nas forças vencidas.

No impalpável, meus olhos procuram
diante a cegueira um milagre que for,
mas, se não vejo, fecho, os olhos curam.
Na certeza creio ... creio em ti senhor.

Foto de leila lopes

Flor da pele

Fecho meus olhos e tudo me vem como fleches
sinto seus labios encostar nos meus
sinto o calor de sua mão em minha nuca
parece querer com isso me manter presa nesse beijo
o gosto do seu beijo é delicioso
e o calor dele me aquece o corpo inteiro
gosto da forma que levanta meus cabelos
e sua lingua percorre meu pescoço
enquanto suas mãos presa em minha cocha me puxa para seu corpo
voçê me entontece,me enibria ,faz meu corpo ficar cheio de tesão
sua boca avida agora em minhas pernas
sinto os seus beijos e sua lingua
percorrer um caminho dos meus pes ate minha cocha
minha respiração já acelerada
voçê me da pequenas doses de prazer
e isso me deixa ainda mais exitada
quero mais da sua boca
quero mais da sua lingua
quero sentir você sugando meu nectar
enquanto minha cabeça gira
e meu corpo estremece
e como se uma corrente eletrica passasse
por cada celula do meu corpo
e explodisse em um rio de prazer
e quando consigo abrir os olhos e olhar para voçê
encontro neles tanto desejo e tanto libido
que quero me fundir junto ao seu corpo
gosto de sentir teu sexo quente
encostar no meu
gosto de ver o meu goso se misturar ao teu
gosto quando estremece em cima de mim
gosto de te deixar assim
cheia de vontade,
cheia de tesão
cheia de desejo
só para depois
suprir suas vontades
abrandar o seu tesão
e matar os seus desejos

Páginas

Subscrever Respiração

anadolu yakası escort

bursa escort görükle escort bayan

bursa escort görükle escort

güvenilir bahis siteleri canlı bahis siteleri kaçak iddaa siteleri kaçak iddaa kaçak bahis siteleri perabet

görükle escort bursa eskort bayanlar bursa eskort bursa vip escort bursa elit escort escort vip escort alanya escort bayan antalya escort bayan bodrum escort

alanya transfer
alanya transfer
bursa kanalizasyon açma