Verão

Foto de Arnault L. D.

Pequeno Sol

Era o sol... Ah, era o Sol...
Que iluminava então,
e abraçava a tudo,
de mim a imensidão
e aquecia, e era lindo.

É noite, não mais o tenho,
no entorno está escuro.
Acendo o fogo e olho
e o sol nele procuro.

Não cobre além de metros,
não comporta amplidão
e se aproximo muito fere.
É mais para olhar então,
o fogo que ao Sol faz menção.

Aquece um raiar ao peito,
luz evocada de um verão.
Faz sonhar, chama a queimar
de um calor extemporão.

Foto de Rosamares da Maia

AS QUATRO ESTAÇÕES

As quatro estações

É outono e o tempo passa macio, faceiro,
A primavera hiberna no cio, até desabrochar,
Num turbilhão de cores e exóticos perfumes.
A água flui, vai ao encontro do rio matreiro,

Que manso e brejeiro alimenta as margens.
Um ritual de fertilidade dá a vida passagem,
Mesmo se a estação se despe para o outono,
Ou para o inverno, na luz que morre cedo.

Sempre a florescer, me ofereço sem medo.
Banhos no orvalho nua, na luz prata da lua.
Olhos abertos, danço, na calçada, na rua.
A brisa fria sopra a oração - mística liturgia.

Sou a flor de semente somente Maria.
Sem vergonha, impura, ao lado da estrada.
Nem do bem nem do mal, a margem, nada.
Finalmente, no ponto certo, sou primavera.

Não há novidades, só fervor, intensidade,
Constatando o prazer a estação me invade.
Mas, é fogo, o corpo aquece e de febre arde.
E o desejo forte tudo consome em emoção.

A razão é controversa e explode em paixão.
A luz dourada invade outra estação - é verão.
Nova semente plantada - ciclo que se refaz.
Maria é semente regada - vida em profusão.

Rosamares da Maia
12/06.2019

Foto de Siby

Sensações de um verão

É verão, o sol brilha, forte e reluzente,
As árvores balançam-se com o vento,
Onde pássaros gorjeiam o seu canto,
Deixando no calor, o clima contente.

Quando o calor desnuda a gente,
Atraindo aquele olhar mais atento,
E o desejo se retém, fica detento,
Para a pele dourada e o corpo quente.

Os dias de verão tem o seu encanto,
Quando a brisa é suave e envolvente,
O calor se acalma com o sopro do vento.

O sol abrasando com seu beijo quente,
O vento abraçando como um afago lento,
São as sensações de um verão ardente.
(Siby)

Foto de Rosamares da Maia

Sabedoria de Sobrevivência

Sabedoria de Sobrevivência.

A sabedoria era como ela, Rosa singela,
Dobrada, matreira, de cheiro português,
Aroma dos gostosos assados do Porto.
Saber de Rosa mulher e disfarce de flor.
Na Terra nova misturou outros aromas,
Descobriu o doce de abobora com coco.
Aprendizado moreno de cravo e canela.

A minha viagem mergulhou no tempo,
Nos sabores dos cheiros e temperos.
A minha visão tem gosto e ainda é clara!
Tem brasa ardendo no fogo de lenha.
Tacho e tampa de ferro, panela de barro.
Sabedoria de quem sabia inventar, somar,
Multiplicar o pouco que havia no dia a dia.

Na memória coze o ensopado no fogão,
Carne seca, tomate camboinha e mamão.
Sabor de folhas plantadas no terreiro,
Parreiras de chuchu e maracujá.
Saladas e saudade, almeirão e alface verdinha.
Sabedoria de remendo no ralado dos joelhos
Tosse curada com saião e chá de sabugueiro.

No verão, banho na tina de madeira,
Bucha natural colhida na cerca de bambu,
Sabão de coco e sabonete Cinta Azul.
Ave Marias solitárias no silêncio da tarde,
Oração, devoção, fé e simplicidade.
Sabedoria de subsistência – sobrevivência,
Família e fraternidade – casa de minha avó.

Rosamares da Maia – 10/ 2016.

Foto de Siby

Verão e girassóis

É verão, férias, é viver com alegria,
Enquanto girassóis estão a florir,
Encontramos muitos motivos para sorrir,
E até inspiração para fazer poesia.

Quando os girassóis estão a florir,
Acontecem os amores de verão,
Alguns amores ficam, outros vão,
Vontade de ficar, na hora de partir.

Os lindos girassóis também se vão,
Pétalas a voar, e a vida vai seguir,
Vida contida, nas sementes que cairão.

Como veranistas, tem seu rumo a cumprir,
Pois no cio da terra as sementes brotarão,
E os girassóis renascerão e voltarão a florir.
(Siby)

Foto de Moisés Oliveira

1 passo

Mais uma vez andei a um passo de jogar tudo pro ar.
Você não acredita no que sinto e já não posso provar.

Me entreguei a você por inteiro, com todo meu cuidado.
Recebi um troco magro, sempre me deixas de lado.

A importância que apenas quero é 1% da que te dou.
Do oceano me das uma gota, ainda checa se nada sobrou.

Tudo que eu mais queria, era um pouco de emoção.
Quem sabe um lugar na mente, cadeira no coração.

Hoje eu tenho contigo aquela chuva que cai no verão,
boa pra ficar em casa, acompanhado de solidão.

Não sou morsa nem bigorna, nunca vou de pressionar,
assim como o que sinto chegou, um dia irá passar.

Foto de Ivone Boechat

Andorinhas

Andorinhas
sobrevoam
espaço fugidio,
levando
conforto e carinho,
ao arrepio
da solidão...
procuram
lugar seguro
para o ninho,
abraçam
outra andorinha
pra fazer
verão.

Ivone Boechat

Foto de Minha_Historia

Chegou a hora!

Agora eu sei
A diferença entre amor e paixão
Pode se dizer que é como a chuva no verão
Elas vem e vão rapidamente
E mesmo que as lágrimas insistirem em cair
Não terei mais você para enxuga las
O amor vai continuar lá adormecido
Em meu coração
Esperança!
Dar outro rumo a minha vida
Nem consigo imaginar
Se nos últimos meses vive o mais belo dos sonhos
Te amei e fui correspondido
Sinto me perdido
O futuro prometido
Os planos e sonhos
Ficarão apenas nos versos escritos
A saudade invade e machuca
Mais como sabe prefiro a verdade
Olhe nos meus olhos e já irei saber
Acredito que em um olhar
Mostramos as palavras que vem do coração
Mais os lábios não tem coragem de pronunciar
Vai ser feliz
Sabendo que descobri o que é felicidade ao seu lado
Siga em frente sem olhar pra trás
Pois pode ter certeza que estarei aqui sempre a te esperar

Foto de carlos alberto soares

Amor de verão

Em apenas um olhar
Entendi o desejo
Simplesmente ao te ver passar
E quis te pedir um beijo...

Em busca do desconhecido
Quis te conhecer
Falando estremecido
Quase sem querer

Primeira vista
Desejo de olhar
Cobiça, conquista
Amor beira mar...

Será que convém?
Suas curvas são lindas
Não olho outro alguém
Meu desejo não finda...

Um breve encontro
Quase sem fala
Um beijo e pronto
A paixão se exala

É amor de um dia?
Paixão de verão?
Breve alegria?
O que pensarão?

Pouco importa agora
Envolto em seu corpo
A paixão se aflora
E sinto o amor como um todo.

Foto de Filipa Redondo

Natureza do Amor

Meu pensamento voa como
o vento que traz e leva as
nuvens.
Meus olhos brilham ao ver-te
passar, como se fosse um
reflexo na água do mar.
Meu coração aqueçe como o
sol que aqueçe as tardes de verão.
Será isto uma realidade ou um
pesadelo...
Eish a questão ao qual a resposta
será uma realidade.
Porque tu és meu pensamento
todos os dias, horas, minutos
e até mesmo segundos.
És tu que fazes meus olhos
brilhar quando passas perto de mim.
És tu que aqueçes meu coração
com um simples toque.
Escrevo isto pelo verdadeiro amor!
Escrevo isto porque te amo!

Páginas

Subscrever Verão

anadolu yakası escort

bursa escort görükle escort bayan

bursa escort görükle escort

güvenilir bahis siteleri canlı bahis siteleri kaçak iddaa siteleri kaçak iddaa kaçak bahis siteleri perabet

görükle escort bursa eskort bayanlar bursa eskort bursa vip escort bursa elit escort escort vip escort alanya escort bayan antalya escort bayan bodrum escort

alanya transfer
alanya transfer
bursa kanalizasyon açma