Sinto

Foto de Lorenzo
Autor: 

Sinto que sento como um santo
E acabo dando cabo de tudo que se deu
Versando a tristeza na felicidade
Desse coração que é mais teu que meu

Trago mais um trago do cigarro
Aspirando essa áspera fumaça
Como se ela fosse ocupar aqui
O pedaço do peito teu em mim

Canto sozinho no canto
Deitado completamente nu no chão frio
Pedindo pra bomba explodir mais rápido
E cada segundo encurta mais esse pavio

Volta e fica a minha volta
Traz o que ficou atrás
Luta contra meu luto
Na mórbida órbita do meu mundo

Lorenzo Petillo.

Comentários

1
Foto de Nailde Barreto

perfeito...seu poema ficou lindo...gostei muito... gosto do seu jeito de escrever.

Parabéns!!!

bj

Nailde Barreto.