Frases e Citações

são paulo

Foto de Jardim
Autor: 

são paulo,
cafetina das putas da praça da luz,
mortas vivas movidas a cocaína.
ocultas sombrios subterrâneos,
berço das bichas ricas,
algoz inumano das bichas pobres.
teu concreto te fez menos humana.
quem aqui é feliz?
com teus meninos de rua,
vira-latas, meretrizes, mendigos,
haverá luz no fim do túnel?
és pródiga para quem abriga tuas mentiras,
para os que se vendem.

são paulo
dos políticos e da imprensa marrom,
da tua face as lágrimas desembocam no tietê.
sé, vila matilde,
vila guilherme,
vila leopoldina,
vila mariana,
a diversidade que emana
das lojas e butiques,
de tua periferia,
com tuas minas, com teus manos,
com tuas avenidas e faróis
sempre em movimento e mudança.

são paulo
espólios e legados centenários
que passam de pai para filho,
de geração em geração,
teus bardos, teus trovadores
teus rappers, teus pichadores,
teu samba tristonho e lento.
aqui tudo é evidente e sombrio,
na tua jornada sinistra na calada da noite
teus filhos se reproduzem e morrem sem viver.
a cidade não para, a cidade não dorme,
és a voz do minotauro
procurando a presa em teus labirintos.

são paulo
terra do café, do engarrafamento,
da tubaína, da caipirinha,
os dentes brancos da fome gargalham
em teus guetos,
cidade que abriga do 1º ao 5º mundo.
são paulo revisitada:
nunca me deste nada,
tudo me tiraste,
nada sois para que por ti
algo eu sinta
vagando sem rumo
por tuas esquinas de solidão.