Enquanto

Foto de Joice Lagos
Autor: 

Pelo menos metade das pessoas que conheço sofrem de algum tipo de mal que as oprime. Por infinitas vezes as vi com o olhar perdido em algum lugar do horizonte, enquanto ao seu redor as coisas se movem e as horas apressadas voam pelo relógio.
Enquanto olhava dentro de mim, e buscava nessa imensidão que é o meu ser, possivelmente por instantes deixei de existir.
Enquanto busquei motivos pra ser feliz a felicidade cansou de esperar pelo meu sorriso, e as pessoas queridas foram ficando esquecidas em minha memória e derrepende me esqueci que elas me amavam ou simplismente esqueci de amá-las mais.
Enquanto eu sonhava, muitos se foram pra um lugar distante e agora só posso encontrá-las quando fecho os meus olhos e tento com todas as minhas forças mantê-las por perto, e senti-las vivas.
Enquanto eu chorava as crianças foram se tornando adolescentes e já não acham graça em minhas brincadeiras tolas.
Enquanto me olhava no espelho e lamentava não estar em um manequim mais apropriado, aqueles olhos que me fitavam encontraram olhos mais atentos.
Hoje eu vivo e vejo muito além que um simples sorriso de criança, eu vejo sonhos e vejo fantasia.
Hoje eu fecho os meus olhos só para recordar que Deus me deu mais um dia grandioso, onde pude doar um pouco de mim e que ganhei em dobro, porque trouxe muito mais de cada um que passou.
Finalmente meus olhos encontraram alguém para se refletir e agora sou muito mais do que um simples reflexo do meu espelho.
Hoje finalmente aprendi que o que sou é muito mais do que eu gostaria de ser, porque sou parte de uma imensidão de pessoas que se foram, mais que deixaram um pedacinho em mim de suas amizades e de seus ensinamentos.
Não preciso mais me esforçar para sentir a presença de pessoas queridas, pois carrego-os comigo.
E hoje cada palavra minha leva um agradecimento a todos que amo e que me amaram ou que simplismente doaram um minuto de seu tempo, de sua alegria, de suas promessas.
Ou que simplismente me ouviram quando precisei falar e não disseram nada quando as lágrimas insistiram em rolar.
Hoje as horas correm muito mais depressa, mas é porque o tempo tornou-se curto para viver.