Cansaço

Foto de Arnault L. D.

Abstrata e desconexa

A propensão de pensar,
medir, somar, entender,
destoa do cansaço... o nutre.
A idéia aborta incompleta.

A poesia torna-se abstrata, ar,
vezes o sinto na pele, no éter...
Mas, não consigo d’asa do abutre,
salvar a cada borboleta...

Conexão, inspiração, sonhar,
fragmentados todos sem verter.
Na boca, o cansaço, tal salitre
a consumir todo gosto e faceta.

O sentir é agora o raciocinar...
O sentir: Indecifrável de dizer,
rápido e errático morcego, entre
o final do Sol e a noite feita.

Resta-me o súbito, zaz, espiar:
Pirilampos, meteoros, a vésper...
Sem poetar, só ver e deixar que entre
aos olhos... e ao peito se meta.

Foto de Moisés Oliveira

Decepção

Assim como o sempre esperado, lograste decepcionar.
Apelido carinhoso antes regalado, hoje é esbulho da mente ao pensar.

Proposta aquela uma vez proferida, já não a quero com tão frio ar.
De um coração que bombeia sangue, fizeste um poço de água polar.

Oportunidades estas, já não mas as tenho. Tal lindo presente dou em singular.
Se as tivesse qual a diferença? Te fascina o ato de desperdiçar.

Os olhos teus que me encantavam a alma, extraíram o brilho de te ver sorrir.
Se já não busco afirmação vazia, abra os braços e me deixe ir.

Diversas vezes por arbítrio o tentei. Contra a gravidade te busquei o céu,
Se hoje parto não é por cansaço, só não me encanta o sabor de fel.

Foto de Minha_Historia

Deixe me sonhar...

Sonhei e quando acordei me vi em seus braços
Mais o cansaço me fez dormir novamente
Sempre em frente sigo a sorrir
Mesmo em dias difíceis seguirei sorrindo
Acordado ou dormindo
Com você em minha mente
Pode ser egoísmo da minha parte
Mais não sei dividir
Meu amor sempre te pertenceu
E mesmo que por pouco tempo
Você o correspondeu
Descobri o amor correspondido ao seu lado
Me amou e me senti amado, valorizado.
Valorizou o tempo de espera
Siga em frente e não se preocupe
Ocupe seu tempo, viva sua vida.
Te peço que apenas
Deixe me sonhar
E por mais que não queira
A dor da partida tinha que existir
Mais pense e reflita
Ou apenas admita
Que a paixão sempre existiu
No calor de um beijo
Em um abraço apertado
Nas juras de amor
E tenha certeza que os sonhos e planos
Não foram em vão
Trocas de carinho, afeto e atenção.
Ficarão guardados em meu coração
Motivos não faltam pra seguir sorrindo
Não tem mais jeito
Sabemos que todas as manhãs
Temos o sol de volta a brilhar
Em mais um dia lindo
Estarei sentido sua falta
Mais sei onde te encontrar
No fundo do meu coração
Nos meus pensamentos
Na minha alma
Pois só você amor
Me devolve a calma

Foto de fabiovmenezes

Espinhos De Uma Flor

"É uma flor doce
Que olha para os dois lados
ao mesmo tempo...
Olha para um lado e olha para outro
Vê quem está ao seu lado
Quem te ajuda quando tá machucado
Quem te guia quando Vê tudo embasado
Mas que flor egoísta
Da uma chance pra esse artista
Deixa-o pintar sua pétala
Entrega-se de corpo e alma
Ninguém pode impedir
Oque dentro de ti surgir
Desculpe mas não aguento mais
Coração apertado
mais que pote de cola acabado
Quando você fala que vai
matar o cansaço
Não entende oque eu falo
Ignora, desliga e cancela
Chama e cai
Fala que vai, mas não vai
Mente para ficar sozinha
Oh rosa pequenina
Não sabe o bem de uma boa companhia
Fala que vai, mas não vai
Mente pra ficar em “paz”
isso dói ou não dói ?
Isso dói demais!"

Foto de ltslima

Momentos

Ha momentos na vida que sentimos a falta de um ombro amigo, ou talvés um amor, que possamos dividir nossos momentos juntinhos.Não ha idade para amar, pois amor é plenitude, a razão para um mundo melhor. Hoje senti sua falta, mais que todos os dias como desejei estar junto a ti em um momento único. Sinto o cansaço do tempo, das lutas diarias, das noites sem ti neste mundo vazio. Volta__preenche meus dias completa minhas noites retira-me do escuro. Vem__abraça-me forte quero sentir seu cheiro não demores meu homem.

ltslima.

Foto de Carmen Lúcia

Mudanças

Em fase de reconstrução
quebro meus tabus, estereótipos vencidos,
normas, padrões, regras , princípios,
tudo o que faz infeliz
e que a mim já não condiz.
Boto o pé na estrada...
Mudo a fachada, a cor descorada
mantida por nada.
Ausência de vida, pulsação, ação atrevida
acomodada em mórbida situação.
Perco a chave de casa
ao deparar a saída
e me entrego ao que vier, sem despedida,
ao que me desperte o desejo de viver.
Tiro da bagagem o supérfluo,
o peso, o excesso,
o desânimo expresso
num cansaço mental, moral, letal.
A inércia sem controvérsia, sem manifesto.
O sim bradado em contradição,
o não engolido por persuasão .
Quero gargalhar até chorar
lágrimas que brotem do sorriso...
Gritar mil vezes sim e não.
Florir em qualquer estação
sem respeitar placas de aviso.
Pisar na relva verde
e de verde reabastecer a alma
até que ela aporte num cais que seja calma,
onde seja feliz, onde conforte a alma.

_Carmen Lúcia_

Foto de Paulo Gondim

Saudade fria

Saudade fria
Paulo Gondim
17/11/2014

A inquietude de meu pensamento
O pulsar acelerado de meu peito
Um sonho desfeito
Um descontentamento

São assim meus dias sem ti
A lembrança boa de teu beijo
O despertar de meu desejo
De tudo que contigo vivi.

As noites são longas e o frio doído
Me fazem perder o sentido
E o sono não vem
E meu pensamento foge
Viaja por estanho caminho
À tua procura, sem fim
E me vejo mais uma vez assim
Desoladamente sozinho

Aí, me vem a lembrança de teu sorriso
Que me levava ao céu, ao paraíso
Quando me envolvia em teu abraço
Me fazia esquecer o cansaço
Era tudo o que tinha e agora preciso

Mas tudo acabou e você partiu
Um adeus frio e curto se ouviu
E seu vulto apagou-se na curva do rio
E me restou a mágoa, a dura realidade
A perda sem qualquer possibilidade
De reaver seu amor, sua companhia
Me restou apenas a saudade dolorida e fria

Foto de Carmen Vervloet

Peregrino

Tenho os olhos cheios de estradas,
uma vontade louca de caminhar...
Por mais que sinta o cansaço
meu corpo não me fará parar.

Tenho o coração cheio de sonhos,
uma criança viva a me incentivar,
tenho tanta esperança nos meus passos,
só não sei onde vou chegar.

Tenho as mãos cheias de carinho
e braços que querem abraçar...
Tenho alma antiga cheia de ternura,
asas cheias de infinito prontas para voar.

Na peregrinação deste meu destino
sou querer disfarçado em peregrino,
sou aspiração disfarçada em mulher,
sou fragmento de sol posto e alvorada.

Foto de Riva

QUERIDA PROFESSORINHA

QUERIDA PROFESSORINHA

Iluminada propedeuta que ensina as criancinhas a ler,
Sagrado mister que a vida te oferendou como missão;
As adversidades da tua caminhada fazes com prazer,
Em genuflexo agradeces com a mais profunda emoção.

Quantas noites indormidas em solidão via-se escrever,
A matéria do dia seguinte com tanto amor e dedicação;
Em sala de aula tuas olheiras não deixavas transparecer,
O cansaço que administavas na mais perfeita encenação.

O giz era tua ferramenta que tanto fazia-te enautecer,
No quadro-negro que ornava de branco toda tua mão;
O pó que cobria toda a tua roupa dignificava o teu ser,
Em prol de tantas crianças que dedicavas teu coração.

Ah, professorinha! Linda és como todo o amanhecer!
Espelho de conduta para esta nova e esvelta geração,
Brilhas no universo das docentes com talento por ser,
Uma notável mulher que doou a sua vida por devoção!

Rivadávia Leite

Foto de Carmen Lúcia

O amor que amo

O amor que amo renasce a cada dia
e cada vez mais forte irrompe com as manhãs,
janelas escancaradas para novos tempos
em festa, onde o livre-arbítrio é anfitrião
e a liberdade pousa livre de mão em mão.

O amor que amo desconhece mágoa,
se doa, perdoa, alma despojada,
sorri a alegria do sorriso franco,
flutua na água tranquila do remanso,
me banha em sua doce indolência
amenizando, da lida, meu cansaço.

O amor que amo é território santo;
compilação da liturgia, do sagrado, da homilia,
onde o profano se abriga em seu manto
que agasalha gregos e troianos.

O amor que amo é descanso
e ao mesmo tempo avanço...
Leva-me a alcançar a paz,
resgata-a do longínquo,
a traz para bem perto,
aqui dentro de mim
pra não se perder jamais.

O amor que amo me aproxima do distante,
tanto bem cambaleante
disperso em sua resistência,
alheio a mudanças, relutante.
Soma que faria a diferença.

O amor que amo é assim;
de tudo, mais um pouco...
Amor que amo e não tem fim.

_Carmen Lúcia_

Páginas

Subscrever Cansaço

anadolu yakası escort

bursa escort görükle escort bayan

bursa escort görükle escort

güvenilir bahis siteleri canlı bahis siteleri kaçak iddaa siteleri kaçak iddaa kaçak bahis siteleri perabet

görükle escort bursa eskort bayanlar bursa eskort bursa vip escort bursa elit escort escort vip escort alanya escort bayan antalya escort bayan bodrum escort

alanya transfer
alanya transfer
bursa kanalizasyon açma