MEMÓRIAS POEMA

Foto de CarmenCecilia

MEMÓRIAS

Memórias que fazem história
Que nos marcam...
Dias tristes e de glória...
Somam derrotas e vitórias

São elos interligados...
Duelos cotidianos
De cada plano
A cada sonho... Cada ano...

Formam um quebra cabeça
E nos viram do avesso...
Em todo tropeço...
E num eterno recomeço...

Disfarçam os erros...
Num escaninho escuro
Em caminhos obscuros
Sentenciam mistérios...

Confidenciam... Evidenciam!
E, no entanto silenciam...
Viajam na mente...
Abruptamente ou docemente...

São pedaços de emoção...
De prazer e de razão...
Que comandam o coração
Vem e voltam sem noção...

Do passado e do futuro...
É um túnel do tempo...
São alegria e tormento...
Que nos vem a todo o momento...

Carmen Cecilia
20/08/08

Comentários

4
Foto de Carmen Lúcia

Que poema lindo, poetisa!Tocou-me a emoção e minha identidade.
Destaco:
"Confidenciam... Evidenciam!
E, no entanto silenciam...
Viajam na mente...
Abruptamente ou docemente..."

Meus parabéns, querida!

Bjsss!

Carmen Lúcia

Foto de ANACAROLINALOIRAMAR

Eu falando do poeta escritor pintor.
E você detalhando histórias em memória.
AH! Memoria que espalha sentimentos.
Às vezes Carmem minha cabeça vira eu entro no túnel do tempo
E lembro de tantas coisas, e nessas coisas, faço meus temas.
Adorei ler-te.
Abraços.
Anna A FLOR DE LIS.

Foto de Carmen Vervloet

Querida irmãzinha,

Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii Memórias! Seria tão bom se ela só guardasse as coisas boas e as ruins jogasse na lixeira como fazemos no computador! Mas ela guarda tudo e não temos como escapar! Enfim vamos aprendendo com as coisas ruins que nos acontecem e vamos nos tornando pessoas melhores se soubermos delas tirar a lição.

Estou com saudade da minha maninha querida!
Meu voto e meu carinho.
Beijos,
Carmen

Foto de Salome

Minha querida amiga e poetisa, passei para matar as saudades dos seus versos e de sua linda presença... e como sempre me deletei com suas poesias e videos que são ineguláveis... amei do fundo do coraçáo este poema com versos curtos mas que transcendem e ficam gravados em nós...

Confidenciam... Evidenciam!
E, no entanto silenciam...
Viajam na mente...
Abruptamente ou docemente...

São pedaços de emoção...
De prazer e de razão...
Que comandam o coração
Vem e voltam sem noção...

Tambem amei sua "despedida"... lindo demais... um beijo carinhoso,
Salomé

Salomé