SANGRAR DA ALMA

Foto de Henrique Fernandes

.
.
.
.

Uno as palavras que pertencem sábias
ao vapor dos meus desejos chocalhados
numa torre de energia no meu interior,
que segura solitário o equilíbrio
da minha mente silenciosamente recolhida,
nas alcunhas que dão nome à minha face fria,
enquanto uma tristeza muda me atira
para uma nuvem de tormenta na montanha,
recebendo de pé o sangrar da alma
diante do arco-íris quebrado pelo murmurar
de uma lágrima que derrama sombras de lama,
vergando severamente a lei da minha vida.

Contemplo a luz do dia numa renovação
da esperança distorcida nos meus braços,
tomando um lugar derrubado por recordações
isoladas nas ruínas de um sorriso perturbado,
por tentações que me torturam de frente
para o sol poente aguardando o ajoelhar da noite
sobre uma rude pintura de solidão.

Rendido às razões
que destroem a minha inocência remendo o tempo,
ferido pelos ventos que não me sopram sorte
e regresso ao caminho onde as fogueiras
queimam os medos ouvindo o diluvio da voz
que cita o meu rumo.

Comentários

2
Foto de zuzaoealoba

seu poema esta lindo amei o que li e reli e sem palavras fiquei para descrever a emoção que senti meu voto com carinho lob@ passando pra deixar minhas patinhas de carinho bjs de luz em seu coração

Foto de keila Patricia

És um artista, que pinta com palavras o sentimento que se encontra na alma, divino, maravilho, lindo....

com carinho

Keila