Frases e Citações

Senso Comum - Parte 6

Foto de João Victor Tavares Sampaio

A minha mulher é necropsista.

Ela junta os caquinhos das pessoas. As pessoas, que lhe chegam estraçalhadas, sem vida, aparecem-lhes desfiguradas, desmanteladas, podres. Ela examina os corpos para saber do que a pessoa sofreu, toca-lhes, e imagina como se deu o sofrimento daquele ser que tem ali os seus restos dispostos.

Eu vi apenas fotos, e posso garantir sem diminuir: morrer é uma merda.

Aproveitem a vida. Não do modo que você fazem, disperdiçando o tempo que lhes foi dado gratuitamente. Eu falo do modo grego. A incerteza de um destino maravilhoso, de um paraíso utópico. A busca pela glória, o estudo e a reflexão, o trabalho útil, o compartilhamento natural e humilde. A possibilidade de que talvez Deus não exista, mas a fé, duradoura e firme, de se sentir bem e satisfeito. A consciência líquida. A loucura do amor. O verso. O canto redescoberto.

Se eu morrer amanhã, não morro desenganado.