Não me acorde

Foto de Fernanda Queiroz

Não me acorde,
deixe-me desfalecida, ausente.
Não é fábula nem história,
você foi mesmo embora.
deixe-me inconsciente.
Posso viver o passado,
mesmo sem ter acordado,
levantar a cada dia,
forjar alegria,
sentir o teu carinho,
imaginar nosso ninho,
olhar-me no espelho,
enxergar o riso teu,
tocar os meus cabelos,
como se fosse os teus,
percorrer os meus lábios.
entregar aos beijos teus.
E ao longo do dia,
ter tua companhia,
para quando a noite chegar,
dormindo poder sonhar,
encontrando-te no meu quarto,
jogando-me em teus braços,
unir-nos sem cansaço,
fazendo deste entrelaço,
a mais pura emoção,
para quando a noite findar
meu dia vir encantar,
continuar minha jornada,
sem estar acordada,
não ser uma taça quebrada,
nem flores despetaladas,
Então...
Deixe-me dormir,
pois só assim minha mente,
o terá no meu presente,
em um corpo desfalecido,
o amor jamais esquecido.,
não me acorde,
nem deixe me acordar...

Fernanda Queiroz
Direitos Autorais Reservados

Comentários

2
Foto de ANACAROLINALOIRAMAR

Oi Fernanda sumida!
Tudo bem Flor?
Espero que sim!
Que poema lindo querido.
Não acorde mesmo!
Esse é o melhor momento que gostoso ler-te Fernanda.
Amei seu poema.
Bjus Flor Anna

Foto de Carmen Vervloet

Nossa Fernanda, seus poemas tocam o âmago, são profundos, sentidos, vividos! É uma dor que vem das profundezas do coração. Dizem que o poeta para ser grande tem que ser triste, mas eu prefiro vê-la menos poeta e menos triste. Lindo e perfeito seu poema, palavras escritas pelo coração.

Um grande beijo,
Carmen