"A BIOENERGIA CORPORÊA"

Foto de Edson Milton Ribeiro Paes

“A BIOENERGIA CORPORÊA”

Cientistas modernos diriam que a mente não se separa do corpo físico, ledo engano, o corpo físico, ou matéria não passa de um rudimentar dispositivo usado para nos abrigar.
Quando aqui chegamos passamos por um longo período de adaptação a esta realidade dimensional e densa, precisamos aprender praticamente tudo.
Em nossas localidades de origem não existe corpo físico, somos energia pura, aqui temos que lidar com atribuições primitivas como ingestão de alimentos densos. Nosso corpo mais parece uma maquina obsoleta que dá problemas a todo instante, ingerimos coisas que apodrecem em nosso interior nos tornando perecíveis. Temos que aprender a lidar com coordenação motora, a maioria dos animais já nascem sabendo andar e a movimentar seus membros. Nosso equipamento exala odores de gases tóxicos, não transmitimos a nossos descendentes nosso conhecimento, sempre que nasce alguém começa o processo novamente desde seu inicio, não há evolução. Parecemos um disco emperrado repetindo a mesma coisa sempre.
O ser humano é procriado através de um ato primitivo e limitado, a única ligação que se estabelece entre filho e pais é tão somente a matéria, não existe herança espiritual, apenas herança genética (material).Mas o que difere um cidadão que mora em um continente de outro que mora no lado oposto da terra??? Nada!!! O código genético de cem por cento dos humanos é o mesmo, é como se fosse um mesmo modelo de carro que saiu em um mesmo dia da fabrica, diferindo apenas em alguns casos na cor e no ultimo numero do chassi, temos a mesma concepção anatômica, o mesmo padrão de comportamento. Estamos sujeitos sim a defeitos inúmeros. O ser humano desde sua concepção não evoluiu um milímetro, pelo contrario nossa matéria passa por um processo continuo de degradação, ou
Involução. Darwin a meu entender serviu a interesses absolutamente terrenos quando criou sua teoria. Se o homem tivesse vindo de primatas teríamos que constatar que estruturas antigas teriam que ser menos complexas que as mais recentes, e o que vemos através de registros fósseis é que estruturas antigas são muito mais complexas que as recentes, mostrando-nos que a terra foi habitada por seres muito mais evoluídos que os de hoje.
A Bioenergia corpórea nos remete a um entendimento que somos todos artificiais enquanto corpo, mas animados com uma energia poderosíssima monitorada propositalmente para que não haja choque de culturas.
Realmente os homens provem de apenas um único exemplar, pois seu código genético nos revela isso, e ai vai uma conclusão lógica: “FAÇAMOS O HOMEM SEGUNDO NOSSA SEMELHANÇA assim esta escrito em muitos livros antigos, a Bíblia credita a Deus a criação do homem, eu vou um pouco alem, “NA CASA DE MEU PAI EXISTEM MUITAS MORADAS”, eu credito e acredito que em alguma morada um povo muito evoluído, viajantes do espaço, estudou a atmosfera da terra e construiu um protótipo do homem.
Entenda, Deus teria dito faço o homem segundo a minha semelhança e não façamos, Deus é maior é o senhor de todo universo, onipotente, onisciente, onipresente, e o genitor maior de todas as raças segundo minhas convicções, nós terráqueos somos sub raças, criados pelos semi-deuses, por tal motivo somos tão imperfeitos.

Esta é a sinopse de um livro que estou escrevendo.

Espero que em dois anos esteja editado, o tempo se deve a pesquisas que ainda estão no começo.

Comentários

2
Foto de Lu Lena

Muito interessante essa tua sinopse.
Parabéns!
assim que editar o teu livro, quero
ter o prazer de lê-lo na sua totalidade.
Conteúdos assim me instigam muito...
Voto e meu carinho.
Lu Lena

Foto de Edson Milton Ribeiro Paes

Oi Lu, obrigado pela visita, na realidade este livro esta pronto ha uns cinco anos, mas o que tinha uma intenção de pura ficção acabou por me apaixonar e me entreguei as pesquisas, a espinha dorsal deste trabalho esta desenhada, estou compilando estudos cientificos para que possa ilustrar meu livro, mas tambem tenho outros trabalhos em andamento, seria facil se eu me ocupasse de um de cada vez, mas sou assim mesmo,, estou trabalhando em oito livros ao mesmo tempo, sei que não é inteligente mas não posso mudar minha maneira de ser, ja tentei e foi em vão, me motiva a pluralidade de assuntos, e tenho certeza que quando começar a finalisar os trabalhos vai ser um atraz do outro, espero não aumentar minha area de trabalho, abraços e

VIDA LONGA
EDSON PAES.

VIDA LONGA