Frases e Citações

"DIALOGO PÓS MORTE"

Foto de Edson Milton Ribeiro Paes

“DIALOGO PÓS MORTE”

Caramba será um sonho, que lugar é este quantas luzes piscando, se eu não tivesse tanto o que fazer eu ia ficar por aqui.Um lugar que me da paz, nunca senti nada parecido, a minha vida tem sido apenas em um sentido, ganhar dinheiro, mas eu fiz tudo direitinho, acumulei uma verdadeira fortuna, tenho vários carros importados, uma mansão, casa de praia, dificilmente eu uso as coisas que tenho, meus filhos, seus amigos, minha mulher também com suas amigas, eu prefiro ficar trabalhando enquanto eles se divertem, assim tenho mais tranqüilidade para trabalhar.
Que luz enorme linda, o que será?

Seja bem vindo amigo, você vai ficar por aqui!!!

Não vou não, tenho uma meta pra cumprir, meus negócios não me permitem descansar.

Você ainda não entendeu!
Você não pertence mais àquela vida, de tanto Trabalhar esqueceu de se cuidar e seu corpo não agüentou!

O que o Senhor quer dizer, eu morri?

Morrer não é a palavra certa. Apenas mudou de estagio!

Mas e tudo que construí?
Meus carros?
Minha casa?
Meu sitio, que eu nem conheço ainda?
Meus cartões?
E a fortuna que tenho no Banco, como faço para trazer para cá?

Amigo, aqui nada do que fez na vida tem valor, esta vendo aquela roda de pessoas? Estão saboreando as coisas boas que viveram o quanto gratificante foram suas existências terrenas, veja aquele mais gordo, ele era carteiro na Vila Maria em São Paulo, no seu enterro tinha mais de cinco mil pessoas, ele realmente construiu uma vida de coisas boas.

Mas Senhor, e eu então, a minha casa tem quarenta cômodos, tem piscina, tem sauna, tem garagem para doze carros, ta certa que eu mesmo entrei naquela enorme piscina duas vezes, uma quando perdi o sono e sai, estava muito calor então entrei, como é gostosa a minha piscina, e a segunda vez foi para pegar uma ferramenta que deixaram cair.

Então meu filho analise a sua vida terrena e veja quanto de lá consegues trazer para cá!
Aquele carteiro nem casa tinha, vivia nos fundos da casa do sogro, pois com seu misero salário ainda ajudava quem precisava e nunca sobrou dinheiro para comprar sua casa.

Mas meu Senhor, fui uma pessoa extremamente positiva, implantei em minha empresa uma filosofia do positivismo em que motivava a todos a trabalhar mais eu também ajudei muita gente, só empregados eu tenho duzentos. Ajudo muita gente que me procura para fazer negócios.

Meu filho, não é o que esta escrito aqui, este livro relata a sua vida terrena, todos que conseguiram realizar algum tipo de transação comercial contigo foi para deixar tua fortuna maior, nunca foi anotado aqui que você fez algum negocio sem ganhar a parte maior, e seu positivismo sempre foi tendencioso.

Mas Senhor, sou muito mais importante do que aquele carteiro gordo.

Há há há, meu filho, tu consegue enxergar a insanidade de teus pensamentos?
Aqui meu amigo, você é apenas um aprendiz.
Nada do que construiu na terra consegues trazer para cá, aquele gordo é imensamente mais rico que você, pois ele trouxe consigo todo o seu patrimônio. Que é constituído de amizades, sinceridade, solidariedade, altruísmo e muito amor pelo próximo.

Serio senhor?

Muito serio meu amigo, trabalhastes pesado para o lado errado, enquanto aquele gordo apenas viveu, sonhou, foi feliz fazendo muita gente feliz, você se afundava no trabalho para acumular coisas materiais, você não deve lembrar, mas seu filho mais velho te procurou dezenas de vezes para jogar bola, lembra?

Lembro sim mestre, mas como eu podia parar para jogar bola se tinha um monte de compromissos me esperando?

Então filho, aquele gordo tirava suas férias junto com a de seus filhos, eles se acabavam de jogar bola empinar pipa, andar de bicicleta e tudo mais que as crianças adoram fazer.

Então Senhor, acha que fiz tudo errado?

Sim filho, o mundo é construído por pessoas iguais a você, por este motivo ele esta se deteriorando, esta completamente comprometido, a felicidade não custa dinheiro, aqui vai conhecer pessoas muito mais importante que você, que não tinha nada, aqui filho tem até ex funcionário seu que teve uma vida terrena mais aproveitável que a sua.

Senhor, preciso me acostumar com tudo aqui, tudo é muito diferente do que vivi.
Agora estou começando a enxergar o que alguns amigos me falavam, tinha um que eu o julgava um bobo que dizia que o dinheiro não lhe interessava, ele trabalhava apenas para sobreviver, varias foram às vezes que nos estranhamos, teve uma vez que eu lhe ofereci uma importância por uma mercadoria e quando ele a trouxe eu percebi que podia diminuir o preço e ele mandou
eu engolir meu dinheiro, pois ele não precisava dele, e ainda disse mais, falou que eu precisava de dinheiro, ele não, naquele dia eu tive vontade de rir da cara dele, hoje tenho vontade de chorar de vergonha, como eu trabalhei errado, tenho visto nestes poucos momentos que estou aqui, que muita gente quando chega é recepcionado por um batalhão de pessoas que cantam e riem a vontade, eu não vi ninguém quando cheguei, apenas o Senhor.

É meu filho, você esta começando a aprender como viver, mas terá mais oportunidades, voltaras um dia pra fazer o que aquele gordo fez na terra, espalhou a bondade por onde passou, dividiu seu único pão com quem também precisava, e teve sentimentos Universais e não tão somente terrenos.
Você meu filho, apenas usou as pessoas com as quais se relacionou, elegeu o dinheiro como teu mestre e o cultuo por toda tua existência terrena, não parou para pensar que caixão não tem gaveta e que não conseguiria levar para sua nova vida nada do que angariaste, muitas pessoas fazem de tudo um pouco ganham dinheiro, fazem o bem e são felizes, você só ganhou dinheiro, realmente sua existência terrena foi em vão, terá que voltar para consertar tudo, mas antes vou te mostrar tudo por aqui.
Vou te levar na casa dos mortos vivos, na casa dos Iluminados, onde mora aquele carteiro gordo, e também vou te levar na minha casa, terá oportunidade de medir o tamanho da benevolência terrena. Conseguira influenciar na trajetória de teus filhos para que eles possam ser recebidos por você quando aqui chegar.

Senhor conceda-me uma graça, deixe-me voltar a terra para mostrar para os meus filhos que os ensinei errado?

Isso não é possível, terá que caminhar bastante, aprender muito, ver muita gente aqui, aprender mais sobre a vida, terá que fazer uma reprogramação mental, ai vai ser julgado por uma comição só então se aprovado poderá voltar a terra.

Senhor, preciso urgente começar a aprender, pois realmente tenho a convicção que fiz tudo errado e preciso voltar para consertar.

A partir da próxima lua conhecera mais pessoas iguais a você, alguns até amigos, então fará parte de um grupo de terapia intensiva que caminhara em direção aos ensinamentos.
Boa sorte amigo espero que sua estada aqui seja por demais instrutiva, a partir de agora vamos nos separar e só nos encontraremos quando for voltar, seja muito atencioso quando os mentores vierem te ministrar os ensinamentos,
Vida Longa.

Edson Milton Ribeiro Paes.

Comentários

2
Foto de Darsham

Querido Edson, antes demais quero desejar-lhe um Feliz Ano de 2009, repleto de boas vibrações e muita paz interior :)

Agora, quero dizer-lhe que adorei este seu texto. É uma reflexão de grande valor, que nos faz pensar e repensar sobre a nossa vida, sobre o caminho que trilhamos e sobre as nossa escolhas.

Ultimamente tenho pensado muito nesta questão e não só. Tenho pensado também sobre o facto de a maioria das pessoas se esquecerem de viver o presente, revivendo as dores do passado e ambicionando os frutos do futuro. Confesso, que sou uma delas, mas tenho vivido uma introspecção intensa sobre isto e lido muitos livros que contém ensinamentos valiosíssimos sobre o poder do Agora.

Inclusive tenho pensado em escrever sobre esta questão e ao ler o seu texto senti ainda mais vontade. As suas palavras inspiraram-me
:)

O importante não é o que possuímos, mas sim o que somos. O bem material, o dinheiro, não atravessa de todo a nossa felicidade. A felicidade está dentro de nós. É a harmonia entre o interior e o exterior.

Adorei lê-lo. Os meus parabéns e o meu voto com louvor.

Meu carinho
Darsham

Foto de Edson Milton Ribeiro Paes

linda menina, sabe nestes meus 56 anos fiz um monte de coisas erradas e tambem algumas certas, dentre elas foi o desapego as coisas materiais, vivo como um rico, adoro as poucas coisas que tenho e nada me falta, o dinheiro para mim só serve para as coisas menos importantes, tenho tres filhos, tres netos e esta chegando mais uma menininha este mes, nunca passei fome em toda minha vida, sempre morei muito bem, conforme meus padrões, nunca quiz alguma coisa que não pude ter, sou muito simples, acho que me visto muito bem, tambem conforme meus padrões, como aquilo que desejo comer e leio muito, adoro meus amigos e vejo nas coisas mais simples um motivo para festejar, portanto me considero um homem feliz.
Muito cedo cheguei a conclusão que tudo que realmente importa não custa dinheiro, e esta cronica fiz baseada na vida de um amigo do qual gosto muito, mas ele jamais vai entender o que é felicidade, sua vida é apenas e tão somEnte sua conta bancária recheada, pobre homem rico.
Um grande abraço menina.
VIDA LONGA
EDSON PAES.

VIDA LONGA