Blog de Arnault L. D.

Foto de Arnault L. D.

Sonhar o próprio sonho

Lua, minha amiga, andei distante um pouco.
Sonhar o próprio sonho devaneia...
Ébrio de esperança, esqueci do real,
não fiz assim de meu ouvido mouco

Foto de Arnault L. D.

Chave de ouro

Estórias antigas guardam segredo,
se foram inventadas, ou vividas.
Talvez, foram somente vontade,
sonhos e quimeras de enredo.
Quem sabe... apenas ficções erguidas,

Foto de Arnault L. D.

Memória do tempo

Cada estrela, em memória, me acena
de um céu, que não é mais presente...
O tempo à este imenso infinito
perdeu... Para cada luz pequena.

Foto de Arnault L. D.

Espetáculo Imaginário

Quando a tarde, alta, vai embora
e aos poucos a noite avizinha
eu contava os minutos da hora
esperando ela surgir, ser minha

Foto de Arnault L. D.

Um pouco da eternidade

O amor escrito não tem pressa,
se desprende de sua fonte.
O seu sentir em nada cessa,
cristalizado à cada que conte.

Foto de Arnault L. D.

A distância do horizonte

Ela, enfim me esqueceu,
ou talvez, finja tão bem
que consegui ferir a esperança.
Não sei do coração seu
o que agora ele contem,
onde a paz dele descansa...

Foto de Arnault L. D.

O perfume da lembrança

Se os meus olhos fechar
e concentrar-me em solidão,
seu perfume faço brotar,
tal flor. fora da estação...

Foto de Arnault L. D.

Fel

Alimente o seu rancor,
com seu sangue e pensamento.
Com caustica constância e dor,
em doença e isolamento.

Foto de Arnault L. D.

Azaléias

Um pouco em silêncio ficar,
deixar o desespero das idéias
qual soltando mala pesada demais.
Quero o presente de um pouco de ar,
a imobilidade das azaléias...

Foto de Arnault L. D.

Inesperadamente linda

Há algo em mim que nega a sensatez,
querer secar as lágrimas de alguém
tal fora um bebe para acalentar...
Fazer cessar o que a dor lhe fez,

Páginas

Subscrever RSS - Blog de Arnault L. D.